https://www.poetris.com/
Sonetos : 

ESQUIZOIDE

 
Tags:  SONETOS 2020  
 
ESQUIZOIDE

Tudo lhe parecia indiferente;
Mesmo os altos e baixos pela vida...
Insensibilidade desmedida
Diante do que se passa à sua frente.

Já totalmente ausente do presente,
De qualquer emergência se invalida,
Enquanto sua estrada s'encomprida
Sob os passos que seguem tão-somente.

O olhar se perde em balda e longa apatia
E nem face ao perigo se desvia,
Como sequer a morte lhe importasse.

Aborrecido assim dos seus iguais,
Não chora nem sorri de nada mais,
Feito cristal que enfim s'espedaçasse.

Betim - 10 10 2020


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
62
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.