https://www.poetris.com/
Poemas : 

Indefinido amor

 
Tags:  amor    poemas    alegria    luz    destino    cruz    sina    calmaria  
 
Indefinido amor
 
O que fazer com este amor
que acendeu-me uma luz
e, ao mesmo tempo,
pregou-me numa cruz?

Vivo abotoado de alegria
e disperso em meio à calmaria
que este amor conduz.

Esta falta de vento
não me leva a nada...
Sinto que é longa
a minha caminhada.

Mesmo sem horizontes,
sem estrelas para guiar-me,
sem um destino certo a seguir,
eu tenho que ir...

Só ir... Seja como for.
Preciso viver a saga
ou a sina
deste indefinido amor.

A.J. Cardiais
Imagem: Google


Um poeta, um sonhador, um buscador, um hippie, um Anarquista... Sei lá! Um vagabundo, tentando melhorar o mundo.Open in new window

 
Autor
AJ_Cardiais
 
Texto
Data
Leituras
111
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
SoledadViñas
Publicado: 27/01/2021 10:45  Atualizado: 27/01/2021 10:45
Super Participativo
Usuário desde: 14/12/2020
Localidade:
Mensagens: 132
 Re: Indefinido amor
Como todo soñador, confundí la decepción con la verdad.


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 27/01/2021 17:10  Atualizado: 27/01/2021 17:10
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 651
 Re: Indefinido amor
As mesmas incertezas que nos deixam apreensivos, nos causam essa sensação boa de descoberta. Talvez o amor seja único justamente por tudo que não se sabe dele. Parabéns meu amigo. Perfeito.