https://www.poetris.com/
Poemas : 

Era tempo de morte e ainda não tinha nascido

 
Tudo era vazio, escuridão, trevas
Porque era tempo de morte e ainda não tinha nascido

O abrir os olhos foi como despertar os sentidos de um coma profundo
Doeu estar vivo e tive de chorar o mundo todo de uma vez
Com o deslumbramento da mais pura ignorância.

Já passou muito tempo desde que acordei
E todo este tempo, não foi mais do que um espreguiçar matinal

Não cheguei a descobrir o fogo nem o amor
Ainda sigo, ao lado da humanidade, pelos trilhos dos dinossauros
E já é tempo de extinção, já é tempo de morte outra vez.


Viver é sair para a rua de manhã, aprender a amar e à noite voltar para casa.

 
Autor
silva.d.c
Autor
 
Texto
Data
Leituras
117
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
3
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 07/04/2021 00:49  Atualizado: 07/04/2021 00:49
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 749
 Re: Era tempo de morte e ainda não tinha nascido
Creio que cada um de nós ainda segue no primeiro espreguiçar matinal. Mas como grupo, ainda falta algum tempo para o despertador tocar... Muito bom. Parabéns.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/04/2021 12:49  Atualizado: 07/04/2021 12:49
 Re: Era tempo de morte e ainda não tinha nascido
Agradeço a partilha
Gostei imenso da leitura.

Abraços

Enviado por Tópico
Gilda.
Publicado: 07/04/2021 14:52  Atualizado: 07/04/2021 14:52
Participativo
Usuário desde: 26/03/2021
Localidade:
Mensagens: 49
 Re: Era tempo de morte e ainda não tinha nascido
Dói estar vivo, quando sentimos que seguimos "ao lado da humanidade".

Muito obrigada.
Abraço