https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Góticos : 

Maldita saudade

 
Tags:  saudade    tristeza    sombrio    gotico  
 

Ainda sinto a sua presença
Na indiferente madrugada,
Uma luz de esperança
Na solidão da almofada…

Ainda sinto o seu calor
Do seu irresistível abraço,
Mas só restou a maldita dor
Na penumbra do cansaço.

Ainda oiço a sua voz
Tão doce e serena,
Mas a saudade é atroz
E à agustia me condena…

Ainda chamo o seu nome
Entre a escuridão da cama
Pois a agonia me consome
Como uma inapagável chama.

Um amanhã não sei se haverá
Mas esta noite a irei visitar,
Não sei o que acontecerá
Mas com ela quero ficar…

Como é a vida sem ela
Mas com um gesto trémulo
Coloco a rosa negra, a mais bela
Sobre o seu túmulo…



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
676
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
10
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/12/2021 21:16  Atualizado: 12/12/2021 21:16
 Re: Maldita saudade
.
Para um amigo eu espero um amanhecer.

E para os apaixonados eu digo que só a morte sabe para onde foi levado a sua amada. Então tem que esperar pela morte. Temos uma vida para lutar e vencer.

Abraços!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/12/2021 21:56  Atualizado: 12/12/2021 21:56
 Re: Maldita saudade
*sentida e bela composição.
A memória do coração é eterna.
Abraços
S.k*


Enviado por Tópico
Abissal
Publicado: 12/12/2021 22:04  Atualizado: 12/12/2021 22:04
Da casa!
Usuário desde: 27/10/2021
Localidade:
Mensagens: 312
 Re: Maldita saudade
gostei de ler esta "maldita saudade", "uma inapagável chama."


Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 14/12/2021 16:21  Atualizado: 14/12/2021 16:21
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 5925
 Re: Maldita saudade


Gostei desta saudade
que vive agarrada ao coração
num cansaço em poesia ou não quem sabe...

um abraço poeta José (Legan)


Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 14/12/2021 19:59  Atualizado: 14/12/2021 19:59
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 1928
 Re: Maldita saudade
Dessa saudade imensa e dor que convive, na falta desse especial alguém que consigo não está presente, que o deixou num mar de imensas saudades!
Saudades é o que resta, nas lembranças do tempo que ao seu lado ficou de uma pessoa muito especial para quem teima em amar, nas suas fortes...
Saudades!
Não importa o que pensem ou digam, pois são as lembranças que ficam.
E as saudades vão-se mantendo nessa chama de amor inapagável.

Gostei do seu firme e sentimental poema.

Um abraço poeta José Coimbra (Legan)