https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Poetas caricatos

 
Tags:  espelho    sombras    fotografia  
 
Uma estante vazia de livros
Cheia de garrafas pela metade.
Transpira-se desejos proibidos
Passiveis de nenhuma penalidade.

Rodeado por sombras vivas
E um monte de gente morta,
A realidade se reafirma
Pela luz amarela, espremida sob a porta.

O sorriso no retrato
Esbanja ironia,
Vendo seres vivos contrariados
Mais mortos que a própria fotografia.

Os olhos viajam por todos os cantos
Desencantados com a rotina.
Sem tempo de sobra, para novos planos,
Os sonhos se acabam onde a vista termina.

Entorpecidos pelo perfume da saudade,
Voltam a si esbofeteados pelo espelho;
Para digerirem a verdade
Estampada em seus olhos vermelhos

 
Autor
espigao
Autor
 
Texto
Data
Leituras
756
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 02/05/2008 21:21  Atualizado: 02/05/2008 21:21
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Poetas caricatos
Gostei. parabéns.abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/05/2008 23:16  Atualizado: 02/05/2008 23:16
 Re: Poetas caricatos
"Poetas caricatos" tem um simbolismo bastante clarividente pra mim, dos vícios sem informação, da inconsciência viva que observa-se, mesmo com a ironia de um retrato, olhando as ilusões da vida, de quem bebe sua verdadeira realidade. Uma caricatura extrema de quem escreve a vida!!

Gostei muito de ler...bjs