https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O lado invisível

 



Há um lado de mim
que não me pertence. É uma folha invisível
a voar sobre o mar
a olhar a gaivota
que abre a janela aos sonhos da lua
a buscar a verdade
nas frestas do vento
a crepitar memórias
nos olhos do tempo.

Há um lado de mim
que acende a lareira
e aquece as palavras
na casa da árvore da cegonha branca
onde amanhece a alma
quando a noite se deita.

Há um lado de mim
onde o silêncio se aceita
e o pôr do sol se ajeita
no outro lado de mim.


 
Autor
idália
Autor
 
Texto
Data
Leituras
243
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
6
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 27/11/2023 20:53  Atualizado: 27/11/2023 20:53
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1169
 Re: O lado invisível
Olá Idália,
Belo poma! Viva o sujeito poético!
Estava a precisar de um poema assim para me animar.
Obrigado

Paulo


Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 29/11/2023 15:08  Atualizado: 29/11/2023 15:08
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 845
 Re: O lado invisível
Que poema tão lindo, nem tenho palavras para descrever o que sinto.
Beijinhos


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 29/11/2023 15:15  Atualizado: 29/11/2023 15:15
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10413
 Re: O lado invisível
Escutei o crepitar das tuas memórias e interiorizei o «pôr do sol», que já se ajeitou faz tempo, qualquer lado de ti me deu um pouco de consolo, foi bom ler-te.

Beijinho