https://www.poetris.com/
Poemas : 

foi nesse tempo

 



d'outrora.

em que proibi o Amor.

à porta da Alma, de olhar perdido e angustiado, esperou em esperança.

e eu,
na angústia esperançosa da coragem perdida,
deixei-me na meia volta de uma chave corroída pela falta de uso.

[...

 
Autor
Almamater
Autor
 
Texto
Data
Leituras
114
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
agniceu
Publicado: 06/02/2024 05:49  Atualizado: 06/02/2024 05:49
Da casa!
Usuário desde: 08/07/2010
Localidade:
Mensagens: 490
 Re: foi nesse tempo/ para a gentil Alma
Mais um texto com travo a belo!

Parabéns, é preciso libertar o coração, não o podemos privar do melhor da vida, que é amar.

Nenhum nobre sentimento pode ficar nas ombreiras de uma porta, nem mesmo na volta e meia de uma vontade.

Querida Alma, talvez não exista a chave mestra para todas as fechaduras dos peitos, muito menos para o teu tão especial, que guarda uma alma do tamanho de um oceano.

Contudo, acredito que a corroída chave, ou outra chave especial, ainda possa abrir o melhor de si.

Um abraço.


Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 06/02/2024 22:04  Atualizado: 06/02/2024 22:04
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1169
 Re: foi nesse tempo
Olá Almamater,

Depois da chave rodar, depois de o tempo passar, não há muito que se possa fazer a não ser revisitar (gratos) fantasmas.

Abraço

Paulo