https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Góticos : 

Lembrança…

 
Guardo apenas a tristeza
De tu não teres sabido ser
A amiga… que eu pedi.
Sou assim, não vou mudar
Por mais que passem os dias.
Murmuro desejos como quem reza o rosário,
Fecho os olhos porque estão molhados.
Velas…
O “nosso” amor está de olhos fechados,
No caixão das nossas vidas emprestadas,
Morto.
Morreu em sofrimento,
Numa agonia alimentada às sextas-feiras,
Com golpes de palavras, só asneiras.
Hoje, neste teu dia natal
Apagas as velas no velório da paixão,
No velório desse amor que já nasceu moribundo.
Enterra o seu caixão bem fundo
Que hoje é mais um dia,
Afinal é o meu dia,
Dia em que me lembrei,
E nesse… dia me venceste.
Que importa há quantos anos, há quantos meses foi?!...
Ou foi ontem que viveste,
Ou foi hoje que morreste,
Para mim…
Nunca vivemos juntos.
Foi destino, coincidência?
Talvez o amor tenha ciência,
E na sua matemática
A nossa soma seja um acontecimento impossível,
Uma observação discordante no gráfico universal.
Hoje me lembrei do meu dia.
Nasci num mês de flores,
Na Primavera de amores
Que tão frugal me tem sido,
Mereces mereço tanto do mundo
Tanto que não tem limite,
Que por te querer dar esse tudo
Nada te dei nada me deste e perdi-te.
Não amor, nada receies,
Não guardo mágoa nem dor
Ódios ou ressentimentos,
Guardo apenas a saudade
Dos dias que não vivemos
Partilhando sentimentos;
Guardo apenas a tristeza
De não teres sabido ser
A amiga que eu queria.
Sou assim, não vou mudar
Por mais que passem os dias...

Abílio Pereira








 
Autor
Abílio_Pereira
 
Texto
Data
Leituras
977
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 14/05/2008 17:19  Atualizado: 14/05/2008 17:19
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: Lembrança…
Parabéns- Abraço

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 14/05/2008 21:02  Atualizado: 14/05/2008 21:03
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Lembrança…
OLÁ ABÍLIO! EU JÁ HAVIA LIDO O SEU POEMA ANTERIOR, MAS SÓ AGORA ME SINTO Á VONTADE PARA COMENTAR. NA VIDA, TEMOS QUE PASSAR POR PROVAÇÕES CONSTANTES. AMORES QUE SE VÃO, AMIZADES QUE SE VÃO...E TANTAS COISAS QUE O MUNDO NÃO SERIA MUNDO SE TUDO FOSSE PERFEITO. ASSIM, DESEJO-TE MUITA PAZ E SORTE NA VIDA. UM BEIJO DE BOAS-VINDAS AO LUSO! LEDALGE