https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Um Mar de Rosas

 
Tags:  dor    rosa    sufoco  
 
Resignada a minha existência,
Sinto o que sinto,
Apenas por sentir,
Sufoco mas respiro,
Vivo apenas por existir.

Nado num mar de rosas,
No qual os espinhos não cortaram,
A dor sentida,
Amarga ficou,
As partes feridas sararam,
Curou.

Ainda sinto o seu aroma,
Rosas belas enfeitiçadas,
Que trespassaram a minha alma,
Sem piedade, foram malvadas.
Vivo apenas por existir.


Cigarrinha

 
Autor
Marlene
Autor
 
Texto
Data
Leituras
952
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 23/05/2008 01:07  Atualizado: 23/05/2008 01:07
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: Um Mar de Rosas
a poesia é maravilhosa por nos permitir dimensionar uma dor... circular ou não...
a poesia é maravilhosa mesmo ao expressar um sentimento de dor ou uma exaustão de vivências.
Parabéns!

Maria Verde

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/05/2008 02:15  Atualizado: 23/05/2008 02:15
 Re: Um Mar de Rosas
ESTIMADA AMIGA POETISA MARLENE, BELO POEMA SENTIDO, MAS DISCORDO CONSIGO QUANDO DIZ QUE VIVE APENAS POR EXISTIR. POIS MESMO QUE TENHAMOS PASSADO POR MOMENTOS MENOS BEONS NA VIDA, MESMO QUE TENHAMOS SIDO ATRAIÇOADOS, EXISTE SEMPRE UM BOA RAZÃO PARA VIVERMOS.

O AMOR POR VEZES PODERÁ ESTAR AUSENTE, MAS ELE ESTÁ SEMPRE PRONTO A SE ENTREGAR E FAZER FELIZ AS NOSSAS VIDAS.

EXISTA E VIVA A VIDA NA SUA PLENITUDE AGORA QUE É AINDA UMA JOVEM, DEPOIS!... COM A MOCIDADE PASSADA ENTÃO VIVERÁ APENAS POR EXISTIR.

UM ABRAÇO AMIGO