https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Encontro com o meu silençio

 
O meu silêncio está comigo outra vez...
Tantas vezes bateu-me à porta e sentou-se comigo num canto da minha sala vazia. Aconchegava-me até eu prometer que iria continuar o jogo da vida.
Não me deixava enquanto do chão eu me erguia.
--------
Uma vez mais, ele chegou, não que eu não desse por isso, senti sempre a hora da sua chegada...
Mas desta vez, está ficando tempo demais. Está demorada, parece-me demasiado longa a sua estadia.
Não me deixa camuflar tristezas nem inventar alegrias, como antes o fazia.
Entrelaçou-me em cerco de ervas daninhas com pequenas frestas que me fazem tocar o chão para onde hei-de voltar um dia...
--------
Mas, talvez reste ainda algo para sonhar até ao chão regressar e numa dessas brechas encontrarei uma saída, para voar, mesmo que iludida.
Sei, porém, que, seja o meu voo estreito, largo, extenso ou curto, alto, baixo ou um tanto prolongado, o chão espera a minha, como espera a tua volta, quer fujamos para este ou para aquele lado.
--------
Não gosto do meu silêncio quando ele se demora tempo demais, deixa-me prostrada e o cheiro do chão tem essência de nada... Open in new window

 
Autor
isabel santos
 
Texto
Data
Leituras
1135
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 07/07/2008 23:53  Atualizado: 07/07/2008 23:53
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14852
 Re: Encontro com o meu silençio p/ isabel santos
Querida Isabel

Vez ou outra nos deparamos
com este silêncio que nos
envolve e nos põe a pensar
na vida mais um pouco...
Muito reflexivo seu texto
Gostei muito


Beijinhos no coração