https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sou louca!

 
Sou louca quanto te amo
no silêncio da minha paixão.

Sou louca quando sinto-te em
meus lençóis, em meus braços,
quando me tocas e me beijas.

Sou louca quando sei que estás
a meu lado e te posso sentir, tocar.

Sou louca quando em teus braços
vejo a lua iluminar nosso amor.

Sou louca quando nosso amor é louco
e no silêncio da escuridão
nos entregamos um ao outro

Sou louca quando te amo com paixão.

Sou louca quando sei que tu não estás
e não estarás mais, mesmo assim quero-te amar,
acariciar, sentir o calor da tua pela na minha.

Sou louca quando sei que não te posso ter,
mas, posso amar-te até há existência do meu SER.



Todos os meus textos estão registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC)

 
Autor
DeboraAndrade
 
Texto
Data
Leituras
4538
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 30/08/2008 14:42  Atualizado: 30/08/2008 14:42
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Sou louca!
Então amiga somos duas, porque eu ando louca de amor. Belo texto. Beijos, Ledalge.


Enviado por Tópico
Cinderela
Publicado: 30/08/2008 22:52  Atualizado: 30/08/2008 22:52
Da casa!
Usuário desde: 03/02/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 284
 Re: Sou louca!
O amor é uma loucura! Quem não fica perdido e sem rumo quando está apaixonado???

Pelos vistos já soumos 3 loucas de amor

bonito poema Débora

bjs,
Cinderela

Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 30/08/2008 23:37  Atualizado: 30/08/2008 23:37
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: Sou louca!
Bela, profunda, quente, apaixonada loucura.

DM

Enviado por Tópico
MomentosDeMim
Publicado: 04/09/2008 20:44  Atualizado: 04/09/2008 20:44
Muito Participativo
Usuário desde: 02/09/2008
Localidade: Madeira
Mensagens: 56
 Re: Sou louca!
Felizmente tenho também essa loucura na minha vida. E é o meu bem mais precioso. Gostei do poema ;)