https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Silêncio

 
Na dor do meu silêncio abafo minhas mágoas,
não digo o que sinto ou penso para não sofreres,
sofro no silêncio de minha alma,
que sangra a cada instante.

Fico aqui esperando o impossível,
que se mistura com o possível,
vivo o sonho sonhado, mas não real,
sofro no silêncio da madrugada,
das noites perdidas, pensando no nada.

Sonho no que tudo poderia ser e nada será,
sonho o que nunca sonhei,
e, agora sonho, penso e deliro com tudo,
mas tudo se resume a nada,
simplesmente NADA…


Todos os meus textos estão registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC)

 
Autor
DeboraAndrade
 
Texto
Data
Leituras
978
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
FatinhaMussato
Publicado: 21/09/2008 01:07  Atualizado: 21/09/2008 01:07
Colaborador
Usuário desde: 17/11/2007
Localidade: Jales (SP / BR)
Mensagens: 2106
 Re: Silêncio p/ DeboraAndrade
Um belo poema, Débora!
Intenso, repleto de emoções e sentimentos!
Parabéns, querida!
Beijinhos em seu coração!
Fatinha.