https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Jogos e bebidas

 
Tags:  tempo    MORTES    bares    jogatina  
 

Quando eu regresso para meu lar
Sinto bastante paz e harmonia
E muito melhor que estar no bar
É estar sempre perto da familha

Parece que cada um tem uma sina
Tem gente que em casa não pára
Perde todo seu tempo na jogatina
Ou fica no bar enchendo a cara

Viver sempre bebendo e jogando
Não vai nos levar a lugar nenhum
E nossa economia vai dizimando

A bebida dá lucro a quem fabrica
Mas prejudica e mata milhões ao ano
E ainda arrebenta quem aqui fica.

jmd/Maringá, 05.10.08


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
978
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.