https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

O TETRAGRAMA I (A criação do caos)

 
Tags:  vida    Deus    ORÍGEM  
 
Em sete foram os dias
E em sete fincaria a era do aprendizado
Criaste em seis o perfeito
Para no sétimo surgir algo de novo
Em si próprio...
Criaste o belo, o exuberante
Criaste o terno e o inebriante
Extasiavas-me os sentidos
Com a pureza do equilíbrio simbiótico
Da Vida.
Criaste puro, lírico e simplório
E para felicitar o instinto de justiça
Não negaste o contraditório,
Brindaria a rebeldia da indagação
Com a alegoria mais distinta da discórdia
O Dom que não seria criado,
Mas aprendido -
A Misericórdia...


"A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.
Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito." Manoel de Barros

O início de uma saga.
 
Autor
Cleber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
734
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 30/03/2009 15:38  Atualizado: 30/03/2009 15:38
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2758
 Re: O TETRAGRAMA I (A criação do caos)
Gostei de mais... O enígma continua e vai ser assim por milhares de séculos...

abraços


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 30/03/2009 22:44  Atualizado: 30/03/2009 22:44
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8223
 Re: O TETRAGRAMA I (A criação do caos)
Gostei muito e acho até que o primeiro caos está dentro de nós. Teremos de aprender a descontruí-lo.