https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

SAIU A FERA DE MIM

 




Em minha prisão,
Excessivos
Braços cresceram.

Pernas,
Sem largos ou espaços,
Na minúscula cela,
No ar rarefeito.

E se me deito,
Sou bola em mim,
Feito necessidade.

E no fim da cidade,
Dentro da cidade,
Luta-se sem tréguas,
E eu dentro de mim.

Saiu a fera de mim.

E já sem compassos,
Ou réguas,
Nos braços
Ganhei asas,
E voei
Por de cima de casas.

E a liberdade,
É já ali.


Jorge Humberto
in Saiu A Fera De Mim

 
Autor
jorgehumberto
 
Texto
Data
Leituras
928
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
InSaNnA
Publicado: 05/06/2006 13:14  Atualizado: 05/06/2006 13:14
Membro de honra
Usuário desde: 08/05/2006
Localidade: Brasil
Mensagens: 229
 Re: SAIU A FERA DE MIM
Fera na liberdade..isso sim! Essa fera,que vive dentro de nos,que mal nao faz,que apenas pede ,uma vez! uma unica vez,para gritar..Quero ser livre! para sentir,para amar,para voar! E as suas asas,tinham um nome..Liberdade.Belo...Beijos na sua alma alada..