https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Tu

 

Foste mar incrustado
Vastidão da minha alma
Vagas da minha revolta
Ondas da minha doçura

Por ti ao Céu subi
O inferno, também vivi
O mel e o fel saboreei
Mas eu, sobreviverei.

Dizes Ser quem eu penso
Teus gestos confirmam
As palavras não enganam
Mas teu silêncio desdiz

Confesso, me apetece
Fugir de todo o que é gente
Dela me tornei descrente
Novo Ser te apresentarás ...
Mas não mais,
Me encontrarás...


Juve

 
Autor
juvepp
Autor
 
Texto
Data
Leituras
697
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 20/05/2007 11:06  Atualizado: 20/05/2007 11:06
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Tu
Gostei muito deste sentimento estampado nestas palavras... é um poema arrancado do peito...


Os primeiros 4 versos estão um encanto

Beijinho
Tália

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 20/05/2007 11:19  Atualizado: 20/05/2007 11:19
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Tu
Um poema que fala de uma desilusão... de uma descrença...
Algo que por vezes nos acontece e nos faz perder a confiança e nos deixa desamparados.

Muito bom, feito com o teu carisma e saber.

Gostei muito, Juvelina!

Beijo

Enviado por Tópico
Carla Costeira
Publicado: 20/05/2007 12:52  Atualizado: 20/05/2007 12:52
Colaborador
Usuário desde: 16/02/2007
Localidade: Sintra
Mensagens: 918
 Re: Tu
Adorei este poema!
Bjs

Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 20/05/2007 14:42  Atualizado: 20/05/2007 14:42
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: Tu p/ juvepp
A magia da palavra permite que sejamos o verso e o reverso... Que a tua fuga seja tão só esta. Tudo o resto não resulta ... é a nossa hostória!


Um beijo
Mel