https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Sereia

 
Tags:  dança    sereia    cantos  
 
Quando danças fico impressionado
Com os quadris, tu saracoteias
Não és mulher, és um pecado
Não és mulher, és uma sereia

Ao ver-te cantar fico enrolado
Fico sem fala e sem ter idéia
Com um coração muito apertado
Um desejo ardente me tonteia

És mais que uma sereia, eu acho
És linda desde cima até embaixo
Mas não aceita a minha presença

Todas as sereias acabam em peixe
Espero que um dia tu me deixes
Constar entre ambas, a diferença


jmd/Maringá, 22.04.09




verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
931
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.