https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cavalo Branco

 
tinha um cavalo branco
esbelto e inteligente
que a galope artístico
desenhava no chão
as letras da sua intenção
mas Eu discretamente
dava-lhe a mão
para a rédea curta…
pois então!

e de tempos em tempos
vinha mais um pinote
exacerbando a liberdade
que não tinha
mas Eu bem o controlava
vendo e cortando, tudo o que
não concordava
até que um dia
o meu cavalo fugiu

em branco ficou a minha quinta
no branco da ausência e da tristeza
tinha um cavalo branco
que em tanto branco deixou um vazio.


Escrevo…para libertar as personagens que não consigo Ser!
________________________________________
http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/

http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/



 
Autor
Paulo Afonso Ramos
 
Texto
Data
Leituras
1556
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 24/06/2009 21:59  Atualizado: 24/06/2009 21:59
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12087
 Re: Cavalo Branco
Assim é quando se aprisiona a liberdade.

Pronfundo e muito bom este poema.

Beijos

Enviado por Tópico
Xavier_Zarco
Publicado: 24/06/2009 23:51  Atualizado: 24/06/2009 23:51
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2008
Localidade:
Mensagens: 2253
 Re: Cavalo Branco
Camarada,
Este tenho de comentar. Com que então um exercício paralinguístico ou estarei errado?
Até sábado, um abraço
Xavier Zarco

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 25/06/2009 00:16  Atualizado: 25/06/2009 00:16
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Cavalo Branco
Inteligente tu

Beijo