https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

És minha...

 

Ilha, promontório, península
Escarpa frondosa no oceano
Declive, fundura, abismo
Vento de frente, suave abano

Rua escura, viela estreita
Granito que resiste ao tempo
Deserto o caminho, silêncio
Batido pelo vento.

Alma minha perdida
Que na mão me vieste poisar
Sei que agora de mim
Nunca mais te vais apartar

És minha, como a claridade
Pertence ao sol
Com a força do canto da manhã
Entoado pelo rouxinol

Podes da escarpa
Cair ao mar
Pode a rua
Não ir a nenhum lugar

Mas o teu amor
Esse, morre-me na palma
Da mão, renasce em mim
Sentido único da minha alma
 
Autor
jaber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1018
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
27 pontos
19
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 01/07/2009 12:46  Atualizado: 01/07/2009 12:46
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: És minha...
Gostei muito do teu poema suave e bem cadenciado. E da certeza que exprimes!

Um beijinho


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/07/2009 14:55  Atualizado: 01/07/2009 14:55
 Re: És minha...
...por acaso não estás a falar da palavra, ou estás?

Fabuloso!

Abraço Jaber


Enviado por Tópico
FátimaAbreu
Publicado: 01/07/2009 14:59  Atualizado: 01/07/2009 14:59
Colaborador
Usuário desde: 11/06/2008
Localidade: Maricá, RJ
Mensagens: 2395
 Re: És minha...
NÃO PODERIA DEIXAR DE COMENTAR, TÃO LINDO POEMA! É DE UM LIRISMO, ESPETACULAR...QUISERA EU, CONSEGUIR FAZER COISAS ASSIM TÃO BELAS...UM ABRAÇO E UM BEIJO, AMIGO POETA!


Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 01/07/2009 15:05  Atualizado: 01/07/2009 15:05
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: És minha...
A cadência dos versos é como uma brisa leve que toca o leitor e o vocabúlário é fino linho. Belíssimo!
abraço Jaber!

Maria


Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 01/07/2009 15:30  Atualizado: 01/07/2009 17:21
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: És minha...
Com certeza estás a falar da palavra. Porque só ela para deixar o poeta neste nível de fragilidade completa diante da própria emoção de estar com e depender de. Tão lindo, passei p recomendar. Bom dia ilustre poeta, daqui deste lado do oceano, mas sempre perto.

Beijo jaber.

Ibernise


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/07/2009 15:33  Atualizado: 01/07/2009 15:33
 Re: És minha...
BELÍSSIMO...JÁ DISSE TODAS AS PALAVRAS
POSSÍVEIS EM BELEZA...MAS TENHO QUE DIZER...AMEI...


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 01/07/2009 16:06  Atualizado: 01/07/2009 16:06
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: És minha...
Menino,
Espetáculo o lirismo e a paixão desnuda do poema.
"Poemizar" é dar vida a sentidos e sentimentos que podem até serem inventados, porém ao leitor tocam como as maiores verdades da emoção.Lindo!
Bjin


Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 01/07/2009 16:58  Atualizado: 01/07/2009 16:58
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: És minha...
"Podes da escarpa
Cair ao mar
Pode a rua
Não ir a nenhum lugar

Mas o teu amor
Esse,"

...gosto mais de prosas poéticas ou textos farfalhudos...contudo, o que aqui destaco é sublime!


abraço Caro Jaber.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/07/2009 17:33  Atualizado: 01/07/2009 17:33
 Re: És minha...
só a tua inspiração te fez chegar... a palavra.

bravo jaber.

fraterno abraço amigo e poeta.
Silveira


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/07/2009 18:18  Atualizado: 01/07/2009 18:18
 Re: És minha...
Belo poema,
realçando o ritmo e fluência das palavras; pois nelas tudo se projecta.

Abraço,

Paulo Galvão