https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

Porque não em Dezembro?

 
Dezembro esquecido
De um ano qualquer
De um século perdido
Num pensamento de mulher
Que sonha o impossível
E vive o que não quer
Dia após dia...!
Restando-lhe apenas
As asas do sonho
Que voando
A levam
Até onde quiser...
Pode ser em Dezembro
Dezembro esquecido
De um ano qualquer
De um século perdido
Num sonho de mulher...


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
666
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
juvepp
Publicado: 09/06/2007 21:33  Atualizado: 09/06/2007 21:33
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade: Machico - Madeira
Mensagens: 547
 Re: Porque não em Dezembro?
Olá Cleo,
Por maior que seja a dor ainda há espaço para o sonho. Beijinhos

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 09/06/2007 22:07  Atualizado: 09/06/2007 22:07
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14934
 Re: Porque não em Dezembro? p/ cleo
Cleo querida

Quanta ternura em teus versos
Este dezembro especial não pode
passar sempre terá a saudade no
sonho a sonhar...Lindo amiga

Beijinhos n'alma

Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 09/06/2007 22:40  Atualizado: 09/06/2007 22:40
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: Porque não em Dezembro?
Querida Cleo, Desembro seja. Podemos aproveitar as iluminações de Natal, o espírito de Natal e, finalmente atracar num cais de bonança, após várias vidas de dias à deriva ...

Bjs grandes com sabor a Mel e a mar (o meu mar, Cleo, qua tanto me chama...)

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 10/06/2007 00:55  Atualizado: 10/06/2007 00:55
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Porque não em Dezembro?
Querida Cleo, o teu poema está lindo!

"Pode ser em Dezembro
Dezembro esquecido
De um ano qualquer
De um século perdido
Num sonho de mulher..."

Tem música!!! Adorei!

Mil beijos