https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O STRESS DO DIA-A-DIA

 
Terras longínquas e distantes
Viagens loucas constantes
Num dia a dia a correr
Deixamos para trás a vida
Esquecemo-nos de viver

Stress zangas e discussões
Chatices e até sermões
Tudo o dia a dia faz
Damos tudo para o trabalho
Esquecemo-nos dos amigos
Muitas vezes da família
Deixamos a vida para trás

E quando temos um tempinho
Por vezes bem pequenino
Momentos que são cruciais
Tentamos aproveitar
Com a família e amigos
Mas por vezes é tarde demais

E nesta louca correria
Passamos dia após dia
Sem lembrarmos de mais nada
E quando nos damos conta
Esquecemo-nos de ser felizes
E a vida está desgastada

 
Autor
Paulo Silva
 
Texto
Data
Leituras
1900
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.