https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DESABAFO DO POETA

 

De que nos serve a nós poetas
Ter momentos mais sensiveis
Se a vida nos deixa marcas
Muitas delas bem visiveis

Nos momentos bem dificeis
Que todos atravessanos
No peito a nostalgia
Quando na escrita desabafamos

De que nos serve a nós poetas
Escrever frases sem fim
Se um dia quando morrermos
Já nada será assim

E quando chegar essa hora
Sairá então de cena
O poeta escreve e chora
No seu ultimo poema

E para os que gostarem
Do que o poeta escreveu
A obra vão continuar
E ao mundo inteiro gritar
O poeta não morreu

 
Autor
Paulo Silva
 
Texto
Data
Leituras
503
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 29/07/2009 22:47  Atualizado: 29/07/2009 22:47
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: DESABAFO DO POETA
Paulo,

Belíssimo escrito. Muito verdadeiro.

Um abraço
Ledalge

Enviado por Tópico
Nennika
Publicado: 30/07/2009 00:01  Atualizado: 30/07/2009 00:01
Muito Participativo
Usuário desde: 23/04/2006
Localidade: Brasil
Mensagens: 91
 Re: DESABAFO DO POETA
Realmente poeta...
A vida deixa marcas visiveis e sensiveis,
as vezes pequenas...outras vezes grandes...
mais sempre cicatrizes...

Acredite como as cicatrizes,
seus poemas nada poderá apagar...

Belo poema