https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

TALVEZ UM DIA

 

Que posso eu fazer
Que não seja um poema de gritos
Um poema de medo
Cheio de vergonha
No rubor da minha pele

Que direi eu
Que não sejam loucuras
E revoltas
De poemas e palavras
Como armas de poetas

Que faço eu
Hoje homem ainda menino
Quase escritor ou poeta
Ou talvez louco
Num renegar de palavras
Fosseis vidrados
Para além da vida
Alegrias e ilusões
Que sinto por todo um corpo
Frio e gélido de morte
Que espera calor
Que espera amor
Talvez um dia
Eu escreva com calma
Calmamente talvez
Quando então a fogueira se apagar
E as raízes das plantas sobreviverem
Talvez um dia
Mas hoje não posso

 
Autor
Paulo Silva
 
Texto
Data
Leituras
544
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/11/2010 23:43  Atualizado: 01/11/2010 23:43
 Re: TALVEZ UM DIA
Talvez um dia as palavras parem de gritar, mas enquanto não chega esse dia, que seja pura e intensa poesia...

Gostei muito

Abraços.