https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Droga : 

heroína

 
Tags:  a atracção extrema  
 
Nunca tive uma branca assim...
Uma paragem nascida de um anjo
que um dia olhou para mim.
Eu Pai de um alado arcanjo,
diabo sem princípios, nem fim.
Onde me meto?! O que arranjo...

Esta brancura tão poderosa
é, claramente, um estado de nada!
É uma sensação perigosa
esta imensa pedrada.
É o aroma mais doce da rosa,
é a dor, angústia armada.

Quando veio (nem sei de onde),
esta dor que anseio e esconjuro,
foi uma facada que em mim se esconde,
é o amor inocente e puro.
É uma heroína... Eu sou Conde
de um condado inseguro.


A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
3907
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 25/08/2009 10:25  Atualizado: 25/08/2009 10:25
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: heroína
Sois
Heróis
De mulheres
De estirpe fina,
Se não tiveres
Heroína.

Um abraçooo!
Abílio

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 25/08/2009 11:25  Atualizado: 25/08/2009 11:25
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: heroína
Muito bem "bolado" este poema da "heroína" com dois possíveis sentidos...Abraço

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 25/08/2009 22:20  Atualizado: 25/08/2009 22:21
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: heroína
caro rogério,

este seu poema é magnífico. versos perfeitos.com ritmo e tudo o mais. o efeito, a viagem - nada disto tem importância. só um detalhe: não vejo motivo para colocá-lo em acesso restrito. creio que nenhum poema, independente do tema ou das palavras nele usadas, deve ter este destino. o que é bem escrito e bom - porque não basta apenas ser bem escrito - deve ser mostrado às claras. que se foda a falsa moral. poema não é ato de contrição. adorei o poema.

abraços,

j.

ps: a maconha acabou de ser descriminalizada na argentina. viva a maconha!