https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

As pedras da minha aldeia

 
As pedras da minha aldeia
 
Continuam de pé, encerrando em si todas as memórias de um passado, já tão distante...
Sobreviventes de um tempo que não existe mais, a não ser nas lembranças de quem ainda não partiu. E já são tão poucos os que restam, dos tantos que conheceram o sabor salgado do suor que lhes escorreu e pingou do rosto...
Tantas histórias de uma vida dura, inscritas nas pedras antigas, a maioria já carcomidas, esfarelando-se em pó, mas que, teimosas, permanecem erguidas ainda, como quem desafia o destino, tão certo como o fim que as espera. Resistindo orgulhosamente, enquanto as silvas, carrascos silenciosos nomeados pelo tribunal da existência das eras, se vão apoderando das suas paredes, esventrando-as lenta e impiedosamente, cumprindo a sentença desse tão cruel destino... até as engolir por inteiro.


*... vivo na renovação dos sentidos, junto da antiguidade das lembranças, em frente das emoções...»

Impulsos

coisa pouca

 
Autor
cleo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1686
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
10
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 11/09/2009 22:12  Atualizado: 11/09/2009 22:12
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 11979
 Re: As pedras da minha aldeia
Uma descrisão bela de uma realidade dos tempos, as aldeias morrem a cada dia na solidão e na memória de outros tempos.

Beijos


Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 11/09/2009 22:40  Atualizado: 11/09/2009 22:40
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: As pedras da minha aldeia
Excelente fotografia a das tuas palavras... uma realidade tão vista nas pequenas aldeias do interior do país...


Enviado por Tópico
poesiadeneno
Publicado: 11/09/2009 22:58  Atualizado: 11/09/2009 22:58
Colaborador
Usuário desde: 27/06/2009
Localidade:
Mensagens: 1407
 Re: As pedras da minha aldeia
Esta é a tua aldeia?
É um paraíso...
A minha aldeia é mais bonita porque é minha...só por isso.
É como o rio que passa pela aldeia do Pessoa que é mais bonito que o Tejo...
O teu texto expressa bem os sentimentos que nutro pela minha aldeia.


Beijo


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 11/09/2009 23:34  Atualizado: 11/09/2009 23:34
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: As pedras da minha aldeia
Cleo,
o que mais me impressiona na tua escrita é
a transparência com que descreves as tuas emoções que são muito bem complementadas com a fotografia.
Mais uma bela prosa que aplaudo
Bj
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 12/09/2009 00:13  Atualizado: 12/09/2009 00:13
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2856
 Re: As pedras da minha aldeia
Ninguém quer cavar, não é Cleo?Cavam todos de lá para fora!O que é uma pena!
Mas sem pena da tua pena que escreveu muito bem!


Beijocas

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 12/09/2009 01:15  Atualizado: 12/09/2009 01:15
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: As pedras da minha aldeia
Este calcorrear da memória de um povo que não soube combinar vida, património, economia, ainda não é o "fim da história". O que virá não sei, mas este desrespeito, este desleixo não pode ser Portugal. Fizeste bem em lembrar, cleo.

bjns
arfemo

Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 12/09/2009 14:57  Atualizado: 12/09/2009 14:57
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3348
 Re: As pedras da minha aldeia
Olá Cleo!

A tua aldeia é esta tua escrita fabulosa.

É um prazer ler e reler o que vais escrevendo.

Um beijo

JLL