Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
DO FRIO QUE HÁ EM MIM
A noite faz muito que desceu por sobre o rio, Tudo é sombras e silêncios quebrados, Lá fora im...
Enviado por jorgehumberto
em 06/02/2007 22:17:34
Textos deste autor
Offline
lucibei
A teu lado
A teu lado Resvalei regalada no relvado, Quedei-me junto a ti, mesmo a teu lado. Pousei a cabeça...
Enviado por lucibei
em 06/02/2007 21:32:08
Textos deste autor
Offline
FatimaLima
POESIA
Isto que escrevo Disseminando frases Não passa de desabafo Transformado. Não passa da vontade D...
Enviado por FatimaLima
em 06/02/2007 19:53:21
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
Ó mar... devolve-me o filho!
Saiu-lhe uma súplica doída Da garganta gasta e anosa, Saiu-lhe uma réplica moída... A suplica já ...
Enviado por Valdevinoxis
em 06/02/2007 19:48:16
Textos deste autor
Offline
FatimaLima
Saudades
SAUDADES INFINDAS TUAS ME DEIXAM A ALMA NUA ME TRAZEM UMA DOR SEM FIM QUE FAZES TODO ESSE TEMPO...
Enviado por FatimaLima
em 06/02/2007 17:30:00
Textos deste autor
Offline
Le Tab
Numa noite cheia de emoções
Não sei se consigo continuar a jogar estes jogos psicológicos, apesar de apresentar uma força ine...
Enviado por Le Tab
em 06/02/2007 15:33:56
Textos deste autor
Offline
João Filipe Ferreira
De Olhos Fechados
Fecho os olhos E penso no rosto que me enfeitiçou, Que me encheu de luz E por quem o meu coração ...
em 06/02/2007 15:30:00
Textos deste autor
Offline
Junior A.
Eu temo
Não temo amar-te Já que em mim só há amor Mas temo, em não me amar Dado ao facto, deste teu palor...
Enviado por Junior A.
em 06/02/2007 14:10:00
Textos deste autor
Offline
Junior A.
O que é?
É saudade, confesso, sem negar Enamorei-me por dias cinzentos Adormeci num ser, sem despertar E f...
Enviado por Junior A.
em 06/02/2007 13:50:00
Textos deste autor
Offline
Paloma Stella
Envolvendo
Os pensamentos distantes, sempre. As luzes ao meu alcance, sentes. O gosto da sua boca, desejo. O...
Enviado por Paloma Stella
em 06/02/2007 01:17:01
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
A ordem natural da vida
Não há texto que nasça sem poeta e não há poeta que sobreviva ao texto. Valdevinoxis
Enviado por Valdevinoxis
em 06/02/2007 00:00:00
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
A ceifa
Ceifa ceifeira Em seara soalheira Onde ceifam, trigueiras Com foices gadanheiras, Os pés de espig...
Enviado por Valdevinoxis
em 06/02/2007 00:00:00
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
Sei o que quero
Aponto para a tua boca Dizendo que quero um beijo... Digo, digo até ter a voz rouca, Digo que me ...
Enviado por Valdevinoxis
em 05/02/2007 23:55:49
Textos deste autor
Offline
Valdevinoxis
O comentário que não consegui calar
Que me desculpem todos por este texto, pois sei que este não é o sítio certo para o publicar ma...
Enviado por Valdevinoxis
em 05/02/2007 23:50:00
Textos deste autor
Offline
Stacarca
Retrato
Retrato Imácula figura de albor tristura De inerte retórica de baça falaz Quão lúrido, e rea...
Enviado por Stacarca
em 05/02/2007 21:36:35
Textos deste autor
Offline
Sam_Pereira
Vida
Vida, faço-te a pergunta. Porque és tão atrevida? Dás tantas voltas, sem nunca parar... já podia...
Enviado por Sam_Pereira
em 05/02/2007 20:20:47
Textos deste autor
Offline
JB
O tempo passado
Destes anos que me levo dos que perdi no caminho, daqueles que já não lembro e dos que trago comi...
Enviado por JB
em 05/02/2007 18:00:15
Textos deste autor
Offline
Junior A.
O Furto
Ei! Psiu, preciso dizer-te algo Acho que pode lhe interessar Queres ser minha cúmplice? Desejo um...
Enviado por Junior A.
em 05/02/2007 14:00:00
Textos deste autor
Offline
RivadáviaLeite
AQUARELA DE UM SONHO
AQUARELA DE UM SONHO Aquarela de mulher excêntrica e vaidosa, Como é estranho este teu lângüid...
Enviado por RivadáviaLeite
em 05/02/2007 13:25:47
Textos deste autor
Offline
Vera Sousa
Desamor
É crime não me amares como eu te amo, Não escutares os versos que te declamo… Ignorares a minha e...
Enviado por Vera Sousa
em 05/02/2007 10:51:58