https://www.poetris.com/

 
« 1 ... 27 28 29 (30) 31 »
Offline
Liliana Jardim
Sê testemunha, gaivota
Voa gaivota, voa Mergulha na brisa do mar Observa a tempestade que se vai As nuvens negras da sau...
Enviado por Liliana Jardim
em 06/11/2007 06:50:55
Offline
Liliana Jardim
Obrigado Luso poetas
Quero conseguir encontrar Palavras para descrever Este mês de Outubro especial Que penetrou fundo...
Enviado por Liliana Jardim
em 31/10/2007 20:42:12
Offline
Liliana Jardim
Ela
Olho-a como pessoa Como professora e enfermeira Reflicto no que vejo Vejo alguém comunicativo Olh...
Enviado por Liliana Jardim
em 29/10/2007 00:13:34
Offline
Liliana Jardim
A amizade
"A amizade não tem preço não tem sexo, nem tem cor é algo de infinito... que pode provocar d...
Enviado por Liliana Jardim
em 27/10/2007 21:20:06
Offline
Liliana Jardim
O que faço ainda aqui
O que faço ainda aqui O que me falta cumprir Por que permaneço cá Neste local, sem partir. Ser...
Enviado por Liliana Jardim
em 27/10/2007 01:49:31
Offline
Liliana Jardim
Tua imagem permanecerá
Quando não poder andar Não ouvir e nem falar Tua imagem permanecerá Na doçura do meu olhar Escr...
Enviado por Liliana Jardim
em 27/10/2007 00:53:17
Offline
Liliana Jardim
Dá-me um sorriso
Vá lá … Por favor Olha para mim Não estejas triste Faz um esforço Dá-me um sorriso Se estiveres t...
Enviado por Liliana Jardim
em 26/10/2007 00:51:53
Offline
Liliana Jardim
Senti-me triste
Ontem senti-me triste Necessitei de te ver Esqueci tudo o resto E procurei o teu ser Olhei-te de...
Enviado por Liliana Jardim
em 25/10/2007 00:33:42
Offline
Liliana Jardim
Quero dormir, mas não consigo
Quero dormir, mas não consigo As horas passam lentamente Agitando-me impiedosamente Martirizando-...
Enviado por Liliana Jardim
em 24/10/2007 12:38:37
Offline
Liliana Jardim
O coração prega partidas
"O coração prega partidas Sem o ser humano querer Trai-nos com sentimentos Que nos faz quere...
Enviado por Liliana Jardim
em 23/10/2007 00:37:14
Offline
Liliana Jardim
As minhas pedras preciosas
Tenho duas riquezas duas pedras preciosas indomáveis como o diamante sensíveis como a esmeralda....
Enviado por Liliana Jardim
em 22/10/2007 00:06:39
Offline
Liliana Jardim
A vida
A vida não é só receber É também dar Aquilo que queremos ter A todos os Luso poetas
Enviado por Liliana Jardim
em 19/10/2007 10:40:13
Offline
Liliana Jardim
Aquela maldita mensagem
Escrevi-te palavras ternas, intensas, carregadas de sentimento, de emoção… e tu, não sentiste...
Enviado por Liliana Jardim
em 19/10/2007 00:26:18
Offline
Liliana Jardim
Querer ser
Quero poder olhar-te bem fundo Mesmo sem nada querer dizer Imaginando o quão profundo Um ser pode...
Enviado por Liliana Jardim
em 16/10/2007 15:04:56
Offline
Liliana Jardim
O destino aproximou-nos
O destino aproximou-nos Como duas pessoas normais Mas a vida intrometeu-se Tornando-nos especiai...
Enviado por Liliana Jardim
em 16/10/2007 14:27:01
Offline
Liliana Jardim
Meu mundo se desmorona todo
Tenho que enfrentar-me a mim mesma encarar a realidade as estrelas estão altas, já não as posso t...
Enviado por Liliana Jardim
em 15/10/2007 23:04:18
Offline
Liliana Jardim
Dêem-me … algo que escreva
Dêem-me um lápis, uma caneta um teclado… algo que escreva que transforme em palavras este aperto...
Enviado por Liliana Jardim
em 15/10/2007 22:52:00
Offline
Liliana Jardim
Eu, gota do oceano
Para ti, sou uma gota de água vagueando na imensidão do oceano Mas eu, gota do oceano desejo ar...
Enviado por Liliana Jardim
em 15/10/2007 22:38:04
Offline
Liliana Jardim
Diz-me porque te vás
Diz-me porque te vás que pecado cometi para saires assim... de mim sei que esta é a ultima vez qu...
Enviado por Liliana Jardim
em 15/10/2007 12:42:59
Offline
Liliana Jardim
Teu olhar sorriu-me e brincou
Teu olhar sorriu-me e brincou Teu rosto se iluminou Meu ser sedento, rejubilou Por segundos o tem...
Enviado por Liliana Jardim
em 12/10/2007 16:08:08
« 1 ... 27 28 29 (30) 31 »