https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 6 »
Offline
antóniobotelho
​ AMOR DESNUTRIDO...
Arde este grande anseio que percorre Os vasos sanguíneos da mente Cada músculo do corpo onde esco...
Enviado por antóniobotelho
em 16/08/2017 09:20:43
Offline
antóniobotelho
Nos anéis dos teus lábios
​ Nos anéis dos teus lábios perdi O paladar de todas outras coisas sem fim Posso ser vivo a...
Enviado por antóniobotelho
em 13/08/2017 11:58:13
Offline
antóniobotelho
Encaixotei-te no coração
Foi no teu lance ensurdecido Que decidi olhar-te no profundo dos olhos Escavando o espaço com o c...
Enviado por antóniobotelho
em 09/08/2017 22:00:15
Offline
antóniobotelho
EnDiabrado
Sinto-me endiabrado à plenitude Dos dias com luz negra ou ofuscante, Sou a migalha de algo tão ma...
Enviado por antóniobotelho
em 24/07/2017 22:09:10
Offline
antóniobotelho
RESIGNAÇÃO DE SI MESMO
Há muito que tem perdido o jeito E a alma de poeta apaixonado De coração engessado ao peito Em li...
Enviado por antóniobotelho
em 17/08/2016 21:43:24
Offline
antóniobotelho
NA ÂNSIA DO CAFÉ
É ténue essa linha e entre nós Entre a calma e o choro de te ter Dentro de mim deslizas a ferver ...
Enviado por antóniobotelho
em 20/02/2015 12:33:03
Offline
antóniobotelho
Os corpos que se unem
Pela madrugada adentro Adestrando vultos de falsa coragem De pensares estampados de prazer Em tu...
Enviado por antóniobotelho
em 05/02/2015 14:40:14
Offline
antóniobotelho
CATORZE PASSADO
O olhar dos horizontes sobre nós, Vivência incandescente sem humano Nesta procura dos podres... f...
Enviado por antóniobotelho
em 03/02/2015 22:34:23
Offline
antóniobotelho
A SOMBRA E A LUZ
Cais sobre mim em puro pensamento E esta revolta alastra-se por ti P´la tua indiferença e fingime...
Enviado por antóniobotelho
em 29/12/2014 10:00:11
Offline
antóniobotelho
POETICONATAlÍCIO
São chamas pardacentas que incendeiam As almas dos levitas no Natal! Com ternura e amor a casa in...
Enviado por antóniobotelho
em 24/12/2014 10:00:18
Offline
antóniobotelho
REPRODUÇÃO
O Homem quer e esta terra reproduz A semente que dentro de nós jaz Uma luz que deste átrio conduz...
Enviado por antóniobotelho
em 22/12/2014 09:41:31
Offline
antóniobotelho
Justificação popular
Quando surge um novo falatório na aldeia A notícia corre e o povo comenta Os pormenores que o pov...
Enviado por antóniobotelho
em 19/12/2014 21:57:56
Offline
antóniobotelho
A INFERNALIDADE À COCA DO MUNDO
A infernalidade à coca do mundo, À espera dos desejos das pessoas. De mão beijada, mesmo lá no ...
Enviado por antóniobotelho
em 19/12/2014 09:31:57
Offline
antóniobotelho
MURALHA DE FLORES
Entre ruídos e despejos de arte Uma muralha de flores de ferro Trono de tantos reinos sempre apar...
Enviado por antóniobotelho
em 18/12/2014 15:03:20
Offline
antóniobotelho
Água ressequida dos descobridores
Temporais afastados, redundantes. Arcaboiços, tanta testa cingida Aos mares descobertos por erran...
Enviado por antóniobotelho
em 17/04/2013 21:04:23
Offline
antóniobotelho
o sonho das incongruências
há muito que o desígnio de um poema em mim não se manifesta as vivências rolam-me sobre a ment...
Enviado por antóniobotelho
em 25/09/2011 11:19:35
Offline
antóniobotelho
DIA MUNDIAL DO LIVRO E DOS DIREITOS DE AUTOR
O livro imortaliza os grandes feitos E o nome dos autores mais perfeitos, Dá vida à morte e traz-...
Enviado por antóniobotelho
em 23/04/2011 11:49:37
Offline
antóniobotelho
AMAR-TE FOI…
Amar-te, foi abusar da poesia! Foi ignorar os momentos de pavor, Foi calejar o amor que em nós ...
Enviado por antóniobotelho
em 26/03/2011 01:47:19
Offline
antóniobotelho
"ARTIFICAÇÃO"
Amordaço as palavras incessantes... O lustro de uma escrita incandescente, Magia sonhadora tão fl...
Enviado por antóniobotelho
em 26/03/2011 01:32:17
Offline
antóniobotelho
Falácia
Quero pintar palavras em desejos, Sufocar fraqueza, ser só eu A viver a certeza, sem mais véu, ...
Enviado por antóniobotelho
em 29/12/2010 14:34:51
(1) 2 3 4 ... 6 »