https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 6 »
Offline
quimera
A tua vinda
Estou à espera que venhas Sonho o dia em que me invadas Companhia me faças e comigo te mantenha...
Enviado por quimera
em 26/11/2007 12:33:26
Offline
quimera
A ti que te espero
Amor... É bom voltar a senti-lo... Que ternura! Olho para ti És meu mestre e senhor Apenas estou ...
Enviado por quimera
em 27/09/2007 11:54:27
Offline
quimera
Só porque te faço sofrer...
Sofro. Sim, sofro! Só porque te faço sofrer. Talvez curioso, Difícil de entender, Este aperto sil...
Enviado por quimera
em 25/09/2007 17:28:49
Offline
quimera
A minha redoma
Sonhei viver numa redoma O sonho concretizou-se Mas essa que me toma Nunca foi a que sonhei. Des...
Enviado por quimera
em 25/09/2007 17:26:09
Offline
quimera
Cor de carmim
Estou farta Aborrecida, cansada Desta vida que lentamente mata E para a qual já nasci fadada. Sã...
Enviado por quimera
em 25/09/2007 17:24:08
Offline
quimera
Sombra
Sombra. Pode ser muita coisa. Há a sombra refrescante da árvore frondosa Há a sombra da nossa alm...
Enviado por quimera
em 21/09/2007 10:17:07
Offline
quimera
os sábios
Sorriso nos lábios Cabeça erguida Vou passando pelos sábios Conhecedores da vida Mas quem são el...
Enviado por quimera
em 21/09/2007 10:16:01
Offline
quimera
Não sou de ninguém
Não sou de ninguém Sou do vento Da chuva Do mar Do sol Do deserto Das nuvens Sou do mundo E da Te...
Enviado por quimera
em 21/09/2007 10:15:05
Offline
quimera
Quero chorar
Quero chorar Quero chorar e chorar tudo duma vez Chorar todas estas mágoas. Choraria por muito te...
Enviado por quimera
em 19/09/2007 16:09:08
Offline
quimera
Dizem...
Dizem que tenho um feitio difícil Dizem que tenho mau génio Dizem que sou dócil Que meu pensar é ...
Enviado por quimera
em 19/09/2007 16:05:38
Offline
quimera
A pantera e o bichinho
Ai negra pantera Que avanças de fininho Atacas qual fera E matas o bichinho Pobre bichinho que m...
Enviado por quimera
em 19/09/2007 16:02:31
Offline
quimera
O meu ursinho
Ursinho rebelde E arisco, Difícil de apanhar, Qual ursídeo. Mas tão fácil de amar E dar carinho. ...
Enviado por quimera
em 19/09/2007 15:58:49
Offline
quimera
Sina
Apaixonei-me sem saber, Por um Homem sem o conhecer. Esta coisa é veloz, Ainda por cima, Bastou a...
Enviado por quimera
em 19/09/2007 15:44:21
Offline
quimera
Tantos nomes...
Chamas-me poetisa Chamas-me tua linda Tem cuidado com a camisa Que com baba a molhas ainda! Cham...
Enviado por quimera
em 18/09/2007 14:52:16
Offline
quimera
Não há
Não há rosas sem espinhos Não há amor sem ciúme Não há paixão sem loucura, Já não há Patrícia sem...
Enviado por quimera
em 18/09/2007 12:23:41
Offline
quimera
Um dia
Um dia eu vi Um rapaz por quem me perdi Será que és tu Para quem sempre vivi?
Enviado por quimera
em 18/09/2007 11:18:03
Offline
quimera
Longe de ti
Longe de ti Não suporto mais estar Longe de ti Deitada nesta cama imensa Só pensando em ti. Sei q...
Enviado por quimera
em 18/09/2007 11:14:55
Offline
quimera
Quem me dera
Quem me dera ser copo Para me envolveres, Para me tocares e saboreares com os teus lábios, Quem m...
Enviado por quimera
em 18/09/2007 11:12:04
Offline
quimera
Arqueologia
Não posso mais ouvir Falar em Arqueologia De sono já estou a cair De tanta chatologia! Isto de s...
Enviado por quimera
em 17/09/2007 14:47:57
Offline
quimera
UMA VIDA, NUM ANO
Uma vida Num Ano Sinto-me tão querida Junto do Homem que amo! Ao longo destes 365 dias Tanta coi...
Enviado por quimera
em 17/09/2007 11:45:30
(1) 2 3 4 ... 6 »