https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 7 »
Offline
FungosAstrais
o canto dessa cidade sou eu
.. .. .. .. .. .. .. quando jovem, conhecia muito mal essa porra de cidade... já cheguei à meia-i...
Enviado por FungosAstrais
em 08/10/2013 02:27:08
Offline
FungosAstrais
minha ex-amada
. . . . . . . minha ex-amada cumulou-me de coisas singelas e vazias com cheiro e sabor de água el...
Enviado por FungosAstrais
em 08/10/2013 02:22:43
Offline
FungosAstrais
poema estranho
só sei sentir parado só sei falar pastando pensar causa-me estrago estou cagando e andando pro ...
Enviado por FungosAstrais
em 08/10/2013 02:13:34
Offline
FungosAstrais
amor que acompanha até na morte
.... .... ..... ..... ..... ..... ..... Se meu amor morrer com certeza vou com ela para o cemitér...
Enviado por FungosAstrais
em 02/09/2011 20:55:07
Offline
FungosAstrais
religiosidade surunganga
uns precisam de corpo outros precisam de alma eu preciso de menos : da poesia, dos meus olhos que...
Enviado por FungosAstrais
em 02/09/2011 20:51:31
Offline
FungosAstrais
pero vaz desencaminha
e pero vaz não desafina ou se cobre de vergonha ao descrever, loquaz das belas vergonhas das indi...
Enviado por FungosAstrais
em 02/09/2011 20:44:56
Offline
FungosAstrais
no vastinito arzumal telecinemoso das florisensetas
passerilhava pelo vastinito arzumal telecinemoso das florisensetas quando um tonitruoso sepulcrat...
Enviado por FungosAstrais
em 23/07/2011 03:12:02
Offline
FungosAstrais
nada derruba mais do que o delírio
. . . . . . . . . . . e o palácio de quimeras . . desabou caiu . . com o peso do desvario . . f...
Enviado por FungosAstrais
em 09/03/2011 23:36:09
Offline
FungosAstrais
piração é piração
viagem de danação sem volta um bueiro de pular a tampa com o solavanco do caminhão no bueiro um c...
Enviado por FungosAstrais
em 09/03/2011 23:30:42
Offline
FungosAstrais
joguei a bússola de andar todo certinho fora
atirei bem nos olhos dos pés da minha boa e velha vontade dirigida e deixei sangrar um pouco aque...
Enviado por FungosAstrais
em 09/03/2011 23:25:25
Offline
FungosAstrais
o meu inferno particular
meu inferno não é os outros nem eu mesmo meu inferno é vazio desprovido de caldeira e diabo meu...
Enviado por FungosAstrais
em 01/03/2011 23:46:33
Offline
FungosAstrais
joguei o seu sorriso em cima do telhado
um gato lá comeu, o maldiçoado e virou um gato desgraçado com cara de palhaço o gato tinha o jei...
Enviado por FungosAstrais
em 01/03/2011 23:34:17
Offline
FungosAstrais
desconforto para a reputação do cemitério:
zunzunou pela rua natimorto
Enviado por FungosAstrais
em 01/03/2011 23:07:44
Offline
FungosAstrais
eu até que não queria. mas este texto vazou.
porque eu só queria um abraço um afago falso qualquer um comentário otário que fosse que me lembr...
Enviado por FungosAstrais
em 21/02/2011 23:38:30
Offline
FungosAstrais
caiu na rede, não dá pra bobear
fim enredado da mosca. almoço fausto da aranha. sobreviver é comida à mesa de brutalidade tamanha
Enviado por FungosAstrais
em 21/02/2011 23:20:41
Offline
FungosAstrais
danço o ula aonde e quando eu quiser
passei a noite pajeando a lua e pulando a dança do ula aqui não é honolulu mas como a gente ulula...
Enviado por FungosAstrais
em 21/02/2011 22:45:24
Offline
FungosAstrais
calma: chega de vida boa.
assustei a bicha com sete tiros. ao ar, sete estampidos. foi assim que pus a minha calma pra refl...
Enviado por FungosAstrais
em 19/02/2011 00:14:48
Offline
FungosAstrais
sadomaso-sensações
no caminho das ervas sou a voz desbocada que provoca o ódio das feras no interlúdio da madrugada ...
Enviado por FungosAstrais
em 18/02/2011 23:36:59
Offline
FungosAstrais
a saga dum quarqué do interiô di quarqué lugá
ocê atente qui eu era parente duns coiso rato e uns coiso gente tudo morando nu mêmo lugá vivia l...
Enviado por FungosAstrais
em 18/02/2011 21:37:11
Offline
FungosAstrais
se conselho fosse bom a gente vendia
suficiente sou velho de saber mandar uns conselhos de se errar bonito e sem rodeios
Enviado por FungosAstrais
em 18/02/2011 01:39:06
(1) 2 3 4 ... 7 »