https://www.poetris.com/

 
Offline
Isolda
Enigma
Estaria eu envolvida pelo seu olhar ou os seus olhos já estariam destinados aos meus? Olhos de e...
Enviado por Isolda
em 10/09/2014 21:16:38
Offline
Isolda
Indefinição
SOU DE ESTRADAS, ANDANÇAS, PRESSENTIMENTOS, ATMOSFÉRICA, DE CRISES, GUITARRAS, BATUQU...
Enviado por Isolda
em 05/09/2014 01:12:36
Offline
Isolda
Inquietude
Atravessar fronteiras era um desejo meu desde menina, incluindo as fronteiras mentais. Conhecer,...
Enviado por Isolda
em 05/09/2014 01:06:16
Offline
Isolda
Nocaute
O amor me chamou provocou beijou seduziu. Quando dei por mim estava em seu tatame.
Enviado por Isolda
em 05/09/2014 01:02:50
Offline
Isolda
A flor da pele
Basta um toque seu para meu corpo despertar. Feito animal alucinado: ataco, não resisto. Por pouc...
Enviado por Isolda
em 13/01/2013 16:57:52
Offline
Isolda
Saudade
Das coisas que sinto falta é do teu olhar de amor nunca ninguém olhou como me olhas. Olhar de ent...
Enviado por Isolda
em 13/01/2013 16:53:48
Offline
Isolda
Ardência
quero o desejo que inflama as palavras sussurradas. de boca na boca eu quero Amor, chama.
Enviado por Isolda
em 10/01/2013 17:10:12
Offline
Isolda
Aconchego
É no calor dos teus braços Que encontro o aconchego do abraço. Nenhuma palavra traduz O ensaio do...
Enviado por Isolda
em 10/01/2013 16:59:16
Offline
Isolda
Audaciosa
Para a vida sou incansável pinto o caminho com novas cores estou transbordando em azul, amarelo, ...
Enviado por Isolda
em 10/01/2013 16:51:14
Offline
Isolda
Teu beijo
teu beijo é veneno sem antídoto é desejo em palpitação é ardência lugar pra ficar. Ah! Quantas ve...
Enviado por Isolda
em 09/01/2013 15:52:44
Offline
Isolda
Espera
Eis-me aqui em busca de um gesto preciso, conciso que outrora foi rompido na ventania. Um mero ge...
Enviado por Isolda
em 09/01/2013 15:31:42
Offline
Isolda
Abrigo
Teu corpo é manto que provoca arrepio. Na maciez da carne em tuas mãos sou entrega. Habitante do...
Enviado por Isolda
em 09/01/2013 15:30:11