https://www.poetris.com/

 
Offline
Tsarina
Enquanto nascerem sonhos...
Desconstruímos sonhos quando os transformamos em realidades Desconstruídos por realidades també...
Enviado por Tsarina
em 18/04/2016 18:22:17
Offline
Tsarina
Enviado por Tsarina
em 14/04/2016 21:36:41
Offline
Tsarina
canteiro
Meus olhos são jardineiros São tantas flores que escreves que todos os dias rego um canteiro
Enviado por Tsarina
em 13/04/2016 14:34:10
Offline
Tsarina
papel com cicatriz
dói-me teu querer o teu doer me marca a pena que me beija vai tatuando em mim a dor que te malt...
Enviado por Tsarina
em 12/04/2016 19:58:43
Offline
Tsarina
ginástica do pensamento
Praticar reflexão não é pra qualquer um. Refletir requer exercício mental e nem todos estão ...
Enviado por Tsarina
em 08/04/2016 16:24:04
Offline
Tsarina
caminho das estrelas
Quem sempre apaga-me é a solidão, quando anoitece. Ergo os olhos para o céu percorrendo o cami...
Enviado por Tsarina
em 06/04/2016 13:58:09
Offline
Tsarina
reflexo de poesia
não dá pra rejeitar, possui todos os ingredientes para inspirar, o teu olhar
Enviado por Tsarina
em 05/04/2016 13:24:38
Offline
Tsarina
Sem alarde
pontas de nuvens que arde sem alarde em fim de tarde
Enviado por Tsarina
em 03/04/2016 23:16:01
Offline
Tsarina
quase tudo é vida
tempo que vem e que passa sempre traz e deixa uma graça
Enviado por Tsarina
em 03/04/2016 15:31:36
Offline
Tsarina
com templo-me
abro a janela do templo liberto pássaros forro céu de sentimentos
Enviado por Tsarina
em 30/03/2016 15:02:18
Offline
Tsarina
marujada
o papel faz-se mar e palavras boiam naquela hora quando o lápis chora
Enviado por Tsarina
em 30/03/2016 14:53:09
Offline
Tsarina
Em novidade de Vida
não apetecia-me mais saber do sol de todo dia de tão sabê-lo que existia. também eu que um dia ...
Enviado por Tsarina
em 02/12/2015 12:51:21
Offline
Tsarina
Quem vive de saudade vive
Quantos caminhos percorre a saudade...? De onde ela vem todos sabem. Vem daqueles momentos de fel...
Enviado por Tsarina
em 14/07/2015 13:54:17
Offline
Tsarina
Palha Dourada
Meu pai tinha um chapéu de camponês e sempre um fardo nos ombros. Quando se perdia em meio ao mil...
Enviado por Tsarina
em 13/07/2015 21:19:40