https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 13 »
Offline
Carla Costeira
O teatro deixou de ser uma festa?!?!
Deixei de saber de ti… Sei que partiste mas não sei onde chegaste Elevou-te uma nuvem quando ador...
Enviado por Carla Costeira
em 04/08/2010 00:29:06
Offline
Carla Costeira
Líquidas saudades
Hoje, chorei lágrimas do passado Escorregaram recordações pelo meu rosto Líquidas saudades pelos ...
Enviado por Carla Costeira
em 29/08/2009 19:46:02
Offline
Carla Costeira
Je t`aime!
Interiorizei em mim Uma brisa fonética Um zumbido… um nome. Quatro letras nos quadrantes Do raio ...
Enviado por Carla Costeira
em 29/08/2009 15:00:51
Offline
Carla Costeira
Dedos beijados...
Pego numa caneta Envolvo os meus dedos nela E sinto o início… Com fim e objectivo descrito. Escr...
Enviado por Carla Costeira
em 30/07/2009 21:17:46
Offline
Carla Costeira
Azulam a tez do céu...
Nas nuvens revestidas de véu branco Uma noite despiu-se na sombra Fazendo a cama no céu enevoado ...
Enviado por Carla Costeira
em 08/03/2009 13:50:39
Offline
Carla Costeira
Sedução em palco
Encima do palco Envolto em luzes e aplausos Brilha um músico com mestria e talento Tocando no cor...
Enviado por Carla Costeira
em 08/02/2009 19:27:59
Offline
Carla Costeira
Uma obra de desenganos
Pintei um quadro Com imagens que só a alma vislumbra Num acto abstracto. Traçados de nenhum obje...
Enviado por Carla Costeira
em 07/02/2009 21:02:07
Offline
Carla Costeira
O fado das horas é fatal
Viajo pela introspecção Sem meta a atingir Apenas vagueio com a solidão Companheira na hora de ir...
Enviado por Carla Costeira
em 06/02/2009 20:37:53
Offline
Carla Costeira
Virei uma página na minha vida
Virei uma página na minha vida Não necessitando de a rasgar ou queimar Virei-a como o tempo se vi...
Enviado por Carla Costeira
em 01/02/2009 13:09:25
Offline
Carla Costeira
Jardim de poemas... (os teus)
Num jardim de poemas… (os teus) Aromas florais de sentimentos Versejavam desejos meus Nos versos ...
Enviado por Carla Costeira
em 31/01/2009 14:42:08
Offline
Carla Costeira
Mergulhei fundo nas palavras do Mar
Mergulhei fundo nas palavras do Mar E acreditei sem grande ondulação no que ele me dizia Sabia qu...
Enviado por Carla Costeira
em 26/01/2009 21:42:44
Offline
Carla Costeira
Em mim gira o Sol...
Em mim gira o Sol… Circunda-me a clareza dum dia! Evolo-me na luz que me ocupa, No calor que me h...
Enviado por Carla Costeira
em 25/01/2009 14:46:32
Offline
Carla Costeira
A maldade espelhada num rosto...
Testa árida como terra estéril e seca Rosto duro e oval de pedra vulcânica Olhos miúdos como do...
Enviado por Carla Costeira
em 23/01/2009 19:52:10
Offline
Carla Costeira
Busco o sonho...
Busco o sonho… Onde as estrelas são caminhos de luz E as nuvens são véus que cobrem tempestades n...
Enviado por Carla Costeira
em 20/01/2009 21:43:44
Offline
Carla Costeira
A nota musical: Amor
Senti-te! Pela primeira vez na vida, eu senti-te! Senti os teus dedos tocarem na minha harpa De u...
Enviado por Carla Costeira
em 17/01/2009 11:46:58
Offline
Carla Costeira
Procurei para o mundo...
Procurei mudar a pele do mundo A começar pelo seu aroma e pelo seu tom Quis rejuvenescê-lo com gi...
Enviado por Carla Costeira
em 14/01/2009 23:36:28
Offline
Carla Costeira
Abraço... do nada nascem formas para tudo!
A noite abraça a cidade Deleita-se com ela em lençol ocre Numa junção de total entrega e posse Nu...
Enviado por Carla Costeira
em 10/01/2009 20:42:50
Offline
Carla Costeira
Abri caminho entre os mares...
Abri caminho entre os mares Águas de ópio e dores Separei-as por um fio de vida Uma onda de fé e ...
Enviado por Carla Costeira
em 04/01/2009 14:32:44
Offline
Carla Costeira
O poeta não ama somente as palavras?
O poeta ensaia a sua melhor veia poética Incessantemente, em busca da mais bela palavra Dedica-a ...
Enviado por Carla Costeira
em 04/01/2009 14:29:52
Offline
Carla Costeira
Sem medo
No meu íntimo fomentava-se o medo Sem temor arremessei-o para um sorvedouro Um abismo tão profund...
Enviado por Carla Costeira
em 02/01/2009 20:31:31
(1) 2 3 4 ... 13 »