https://www.poetris.com/

Frases e pensamentos

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares da categoria frases e pensamentos

REFLEXÃO SOBRE FALSIDADE

 
 
REFLEXÃO SOBRE A FALSIDADE
Fico pensando, o que leva um ser humano, a tentar ,
com subterfúgios, com palavras maldosas e com desconfianças
infundadas, a desestabilizar amizades, semear conflitos,
gerar desconforto , provocando situações absurdas e inimagináveis..
Em nome de que? Acha-se no direito , de invadir a vida alheia?
Como assim? Falta de amor? É provável! Carência afetiva?
Com certeza! Inveja? Claro! Falsidade ? É óbvio!
Porém, esse ser, invejoso, falso, que imagina ser dono
de vidas, sentimentos alheios, que brinca de ser amigo ,
um dia, deixará a máscara cair. E todos verão a verdadeira
face deste ser humano, em toda a sua inutilidade.
Concluindo: as verdadeiras amizades, os sentimentos
verdadeiros e sinceros, estes sairão vitoriosos e
fortalecidos! Nada abalará, nem vai desunir amigos verdadeiros.
Angeline
 
REFLEXÃO SOBRE FALSIDADE

Por dentro...

 
Por dentro...
 
Do que somos feitos e revestidos?

Se fôssemos nos desfazendo dos bens

materiais, das vestes, dos ornamentos e nos

despíssemos da carne, o que restaria?

Sinto uma vontade estranha de conhecer as

pessoas por dentro e você? O que sente?
 
Por dentro...

PORTUGAL

 
PORTUGAL
 
 
Dos infinitos versos da minha alma componho
Que o meu país de bravos costumes está perdido
Nos salmos em espasmos de tantas batalhas
Já vencidas, além terras, além mares, no horizonte
Abismo de tantos oceanos, rasgados no céu
Envelhece nas lembranças por um teu instante
Povo de grande bravura de passos cansados
De valentes soldados que lutaram com a vida
No sangue derramado, de tantas lágrimas
Das viúvas, que ficaram sozinhas
Pelas ruas do tempo, nos filhos órfãos
Dos que ergueram este nosso país
E o seu hino de glória entoaram na perdida
Liberdade esquecida, já sem o pão, sem a paz
Que tanto procura na sua pobre alma
Abolindo as poeiras dos seus pensamentos
Teu nome proclamam entre os trovões
As tempestades na profundeza do mar revolto
Agora no meu país tão amado, adorado Portugal
Já não há heróis, não há homens de coragem
Só há cobardes sem espadas, sem apelo à justiça
Quimera perdida esquecida dos que desertam
Desta terra, não me refiro ao que emigram...
Mas sim aqueles acomodados que nada fazem
Para melhorar este tão belo jardim já plantado
Que é este meu amado solarengo Portugal.

🍂
Isabel Morais Ribeiro Fonseca
 
PORTUGAL

missão2

 
chega um certo momento
que é necessário
parar fáceis buscas

sair dos atalhos
e pegar aquele longo caminho
cheio de rochas
e espinhos
pra deixar nele
as pegadas da coragem.
 
missão2

SEIXOS E PEDRAS

 
SEIXOS E PEDRAS
 
 
Sinto-me perdida nos meus lençóis de seda
Onde tudo é suave e envolvente em contrastes
Venho do ventre de minha mãe do barro escuro
Sem fazer mal a ninguém ou roubar coisa alguma
Apenas aprendi da vida o que ela não me ensinou
Aprendi a ver, a sentir, a cheirar, a tocar, a sentir
Através do desbotar das flores em cores lavadas
Pelas lágrimas da chuva, a sorrir e nas folhas a cair
Escondo o coração num abrigo da forte tempestade
Um corpo que deambulante ao acaso na sentida alegria
Que vive todos os dias num ser amado da felicidade
Por isso quando eu morrer já não me pesará a terra
De seixos, de pedras, de fragas, das flores que alguém
Terá deixado frescas ou secas, quem sabe, eu não sei
Eu sei que venho do barro escuro, da terra fértil talvez
Assombrada, esquecida do ventre da minha querida mãe.

༻❀༺༻❀༺༻❀༺
 
SEIXOS E PEDRAS

Eternidade do tempo

 
Há um tempo
que o tempo
foge…

Há um tempo
que o tempo
conta…

Há um tempo
que um pequeno
gesto
fica guardado na eternidade
de todos os tempos…
 
Eternidade do tempo

Vamos Jogar?

 
Talvez a palavra paixão não tenha

tradução assim como a saudade em

algumas línguas.

Passamos a vida em busca de uma paixão,

pensamos que sua ausência seja sinônimo

de solidão.

Então a paixão simplesmente acontece e

é arrebatadora, estonteante. Somos só

alegria, euforia, como nos jogos de

azar, imaginamos que a sorte está ao

nosso lado e vamos apostando, até que

ela começa a mudar.

Nunca nos damos por vencidos,

insistimos, é um vício difícil de se

livrar!

E aí? Vamos jogar?
 
Vamos Jogar?

AMOR

 
AMOR
 
 
AMOR

Soletra as sílabas da primavera
Com os ritmos do sol do Verão
E canta ao vento de ti no inverno
Com os sonhos felizes do outono

POIS

Cada momento é uma maravilhosa
Conjugação do sentir
O mais profundo significado da vida
O nosso pensamento

SIM

Aprendi que as decepções que sentimos
Não nos matam, elas ajuda-nos a viver.
 
AMOR

SINTONIA...

 
SINTONIA...
 
"O sol há de brilhar cada dia mais e mais
e não terá sombra que atrapalhe minha visão, estarei sempre em sintonia com seu pensamento esteja você onde estiver"
 
SINTONIA...

Vamos fazer quadra(?)

 
1 ) - Se o rio corre para o mar?
para onde correm as nuvens?
De tanto me questionar
A minha mente ganhou ferrugem...
(VÓNY FERREIRA)
2) - Por muito fui irrequieta,
Andei pelo mundo errante,
Depois de ser Luso Poeta,
Vivo da boa escrita amante.
(BETHA COSTA)
3)- A tua mente enferrujada
não foi capaz de concluir
que toda a nuvem é tentada
a com o vento fugir?
(re)velata)
4)- As nuvens no céu a cama vão preparar,
as luzes apagar, e deixar o amor reinar...
Soprar na brisa a Esperança,
acalmar a Alma quem tanto pede e não alcança...
(morethanwords)
5)- Tua mente ganhou ferrugem?
Ando eu num mar de nuvens
Reina em mim a preguiça!
Tu vens brincar feita criança
(ELISABETE FIALHO)
6) - Pobres nuvens tontas correm
Lá no céu em desalinho
os pássaros atordoados fogem
para na terra encontrarem o ninho.
(SÃOZINHA)
7)- "As águas dos rios correm
Deixando pra trás esperanças,
Doutras nascentes que trazem
Cismares de novas lembranças"
(STEREA)
8)- As águas corem para o rio
as nuvens correm para o mar
Como pássaro tremo de frio
novo coração hei-de amar!
(HAERENAI)
9)- Pois se cismar sempe fosse
Assim, acorde seráfico,
Bem haja quem cá me trouxe,
Fico-me em transe cismático!
(STEREA)
10)- Queria ser o mar,
para nele te encontrar...
Ser o vento e longe de ti não ficar...
Ser um rio, no teu mar,
nele me encontrar e para sempre te amar...
(morethanwords)
11)-Amo o mar em plenitude
Durmo nas suas ondas flutuantes
Elixir da juventude
Onde se encontram os amantes.
(HAERENAI)
12)-Fazer quadras, porque não?
Bonitas e bem rimadas
Escritas com o coração
E com frases prateadas.
(ALBERTO FONSECA)
13)-Mil anjos e querubins
O mar em reviravoltas
As ondas em cambalhotas
Maresia, desejos e afins!
(TÂNIA CAMARGO)
14)-Da ferugem do meu pensar
construi laços de ternura
os rios correm sempre para o mar
uns mais ferozes
outros com mais brandura.
(SÃOZINHA)
15)-Queria ser o aroma do teu doce versejar
Um novo despertar, no brilho do teu olhar
Queria ser a paz, nesse teu sonho por sonhar
O anjo que te guia nas noites sem luar.
(LILIANA MACIEL)
16)- A minha alma anda ao largo
De um mar revolto insurrecto
Mas rio manso me embarco
Na escrita do teu projecto...
(ROQUE SILVEIRA)
17)Desses Poetas, belos são os pensamentos
que aqui escritos são acalentos,
até afastam da vida os aborrecimentos
A todos vocês meus agradecimentos.
(Lufague)
18)-Nesta quadra gritar o que me está na alma entalada,
as nuvens podem escrever,
que por ti sou amada,
passeio-te no pensamento, foste com o vento...
(morethanwords)

Mesmo não te podendo ver,
és o meu alento...
Mas como quadras não sei fazer,
só tenho olhos para te ler...
(morethanwords)
19) As mulheres a navegar
Palavras, sal e mar
Os homens não vão participar?
Não vale depois que tudo se acabar!
(TÂNIA CAMARGO)
20)-Se o pensamento enferruja
De tanto que pensa e pensa
Vou num pé volto no mesmo
Só para calçar os meus pés de vento
(LISPARETO)
21)-As águas correm pro rio,
tentando me enganar.
Como enganam os teus olhos,
fugindo do meu olhar.
(JOSÉ SILVEIRA)
22)- MITO PRIMORDIAL

Do rosto emergiu uma flor,

A flor desabrochou como queria,

Assim nasceu o Amor,

E dele a Noite e o Dia.
23)-O com teu sal me cobri
Numa prece em oração
Disparou me coração
No momento em que te vi
(arfemo)
A SEDA DAS PALAVRAS
23)-As nuvens meus anjos são,
vieram sonhar-me na noite,
ajeitar o coração,
e dar-me o perdão...
Beijaram no mar,
as palavras que fui deitar,
verguei meus joelhos,
pedi conselhos...
O rio para o mar hoje não foi,
veio em braços,
a minha resposta trazer,
num grande laço, que finalmente hoje te vou ver...
(morethanwords)
24)-Andei descalça na neve
Queimei os meus pobres pés
Depois matei a minha sede
Com o sal imenso das marés...!
(VÓNY FERREIRA)
25)- O com teu sal me cobri
Numa prece em oração
Disparou me coração
No momento em que te vi
(HAEREMAI)
26)-Um dia perdida a Esperança
Depus as asas do Condor
Sem asas e de Cupido a lança
Obvio...foi-se o rasto do meu Amor.
(luciusantonius)
27)-Nuvens brancas de algodão
Toquei nelas com o dedo
Passei nelas com a mão
Abracei o sonho, no meu coração.
(MIM)
28)-Esses teus olhos fugidios,
cismam desencontrarem dos meus.
Na foz; juntas, águas do mar e do rio.
Uma lição; para o meu e o teu olhar.
(JOSÈ SILVEIRA)
29)-Nuvens brancas peculiares
Crescem da ferrugem, são cabelos
Se te conseguires espelhar
São carinho que trazes, presos
(MIM)
30)-Só agora aqui cheguei
A esta verdadeira desgarrada
Já venho tarde, eu sei
Mas com vontade e garra

Pena que seja só uma quadra
Mas do tanto que gostei
Força aí nessa guitarra
Que eu ainda não acabei...

Já volto daqui a nada
Agora vou ali além
Cheirar o ar puro da madrugada
Que eu gosto e sabe-me bem!
(CLEO)
31)-E chegaste bem a tempo
Com as tuas quadras encantar
És como as asas do vento
Chegas a qualquer lugar

Não te chegou uma quadra
Era logo de imaginar
Porque tens a poesia no sangue
Uma era pouco para poetar

Volta! Traz a inspiração
Quero esta desgarrada continuar
Com versos e uma canção
haverá sempre musica no ar
(HAEREMAI)
32)- Chegaram as duas a tempo
E eu não perdi mais lugar
Vim logo para a desgarrada
Com as unhas a tocar

Lindas meninas, do vento
Que trazem poesia no olhar
Cantemos a todo o momento
Não nos vamos nunca calar

Soltem os barcos sem tormentos
Abanem as ancas a dançar
Deixem agora a Vony dormir
Que ela amanhã, vai cantar
(MIM)
33)- Das marés melancólicas sorvo o gosto
E nessas águas profundas naufrago
Busco a essência que é parte desse todo
Driblo o tempo, que na retina trago"
(GLÓRIA SALLES)
34): A TODOS OS AMIGOS
QUERO POR AQUI AGRADECER
POR VEZES TAMBÉM É PRECISO
CONFRATERNIZAR E BRINCAR
(Vóny Ferreira)
OBRIGADA A TODOS!
 
Vamos fazer quadra(?)

essência

 
ornar - se
com a elegância
da simplicidade é
desvincular-se
do apego pela aparência
para deixar sobressair
a majestade do Espírito.
 
essência

inesquecível

 
o que se vai
de um prazeroso
momento é o tempo mas
lembranças
seguram o gosto
e a saudade transporta pra
bem perto
tudo de volta
 
inesquecível

(In)tensa

 
(In)tensa
 
Não tenho culpa de ser intensa.
Deixo para cada amor
Uma trilha sonora diferente
E uma saudade imensa!
 
(In)tensa

Vali-me da poesia para chegar a ti!

 
Vali-me da voz, através da escrita…essa maneira erudita, de poder chegar a ti.
 
Vali-me da poesia para chegar a ti!

masturbação intelectual

 
masturbou o cérebro,
incansavelmente,
ao ponto da massa encefálica
ficar em ferida,
até que,
finalmente,
se veio,
num digno pensamento
 
masturbação intelectual

Em cada rosto

 
Em cada rosto
 
 
Em cada rosto me procurei
Sempre eu a amei, a desejei
Foi no seu sorriso
Que me encontrei

Autor martisns
08.05.2013
 
Em cada rosto

O tempo

 
O tempo visita a tristeza e cola-me no olhar tempestades que passarão com a brisa,com um sopro
de fé,arrancado da alma. Lá, as palavras vislumbram
a alegria da vida...
 
O tempo

Bondade infinda

 
Bom, é difícil solucionar o mal pois este é inerente ao Homem. Para impedir o Homem de cometer o mal teríamos de privá-lo da sua liberdade ou, indo diretamente à raiz, privá-lo do pensamento. Melhor ainda seria impedir a sua reprodução.

Como existe maldade nas mentes mais sãs, resta-nos colocar a nossa esperança nas mentes insanas que, por serem defeituosas, contêm maior virtude.

Em último recurso ouçamos os mal-dissentes, ouçamos quem dos outros diz mal e quem, na nossa presença, nos conforta com o seu carinho e bondade infinda.
 
Bondade infinda

Quem atrás do lobo vai, lobo é

 
Quem atrás do lobo vai, lobo é
 
Quem atrás do lobo vai,
Atrás do lobo se vira lobo.
O essencial é deixá-lo uivar
Deixá-lo ser único ouvinte
Do seu roto uivo,
Deixá-lo ser dono da noite.
Em sua húmida toca
Acabará por se engasgar
Com teu e meu silêncio

Adelino Gomes-nhaca
 
Quem atrás do lobo vai, lobo é

COMO GOSTO

 
COMO GOSTO
 
💘♩♪♫♬

Como gosto de olhar-te
Profanando teu corpo
Verozmente meu amor
Noites de puro delírio
Dias de profundos desejos
Farei do teu corpo submisso
Amarei com delicadeza a tua alma
Dominarei com prazer o teu coração
Amamo-nos, Desejamo-nos, Perdemo-nos
Sentimo-nos encontramo-nos um ao outro
Para voltar a perdemo-nos amando-nos.
 
COMO GOSTO