https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de angelicapunkrock

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de angelicapunkrock

Então ninguém me disse que a vida seria desse jeito;

 
"Esse poema é baseado numa música"

Então ninguém me disse que a vida seria desse jeito
Você está sem grana
A sua vida amorosa é um fracasso
seus problemas acabam piorando ao invés de se resolverem
não tem sido seu dia
Sua semana, seu mês
Ou até mesmo seu ano, mas...

Procuro você quando começar chover
E você não está lá por mim

Ninguém nunca poderia me conhecer
Ninguém nunca poderia me ver
Já que você é o único que já esteve lá por mim

Mas ai tudo se desmancha
de uma hora para outra
por uma falta de abraço
por uma falta de atenção
tudo se desmancha

Mas eu só queria...

Alguém para encarar o dia junto
Para atravessar a bagunça junto
Alguém com que vou sempre rir,
Mesmo no meu pior...

Bom decidi fazer esse poema com meu coração, estou passando por alguns entreveiros, que parecem não ter fim... Espero que compreendam as minhas palavras, uma ótima semana a vocês!
 
Então ninguém me disse que a vida seria desse jeito;

Livros Antigos

 
Há alguns dias, quando mudei de casa, dei por surpresa livros antigos. A maioria, velhos. Amarelos e poeirentos.
A curiosidade badalou-me a abri-los. -"Quarenta anos atrás", eu disse a mim mesma em voz alta, e o som das minhas palavras metamorfoseou-me antigos clássicos do rock n' roll que giravam à agulha na vitrola.
Interesse desperto, em dois dias li um dos mais de trinta tomos, os quais ainda não sabia quem era o dono.
- "Meu pai", a ex dona da casa respondeu, certo dia.
Olhei meio sem jeito, tentando esconder o pedido.
Sem sucesso.
-"Fique a vontade, pegue-os". Ela com certeza leu meu olhar.
Contendo minha euforia, apanhei-os. A partir daquele momento eram propriedades minhas.
Agradeci imensamente. As primeiras pessoas em quem pensei foram em meus irmãos, que assim como eu, amam literatura.
À escrivaninha, identifiquei que constava nos livros o correspondente comprovante de pagamento, e notei que não foram livros baratos, dado que a quantidade de casas decimais eram grandes e a moeda corrente no país era outra àquela época.
Abracei-os, todos de uma só vez, carinhosamente como pude, para não amassá-los e contê-los por alguns instante perto de mim.
- Destes livros só me perco na morte.
 
Livros Antigos

Adolescente confuso... Confuso sobre o amor.

 
Estou em plena confusão, não sei de quem gosto, gosto de românticos, mas cadê meu romântico?
Procuro e procuro... Não tenho nenhuma alternativa, nada me preenche.
Assisto filmes de romance europeu e eu aqui em pleno Brasil sonhando em encontrar alguém, será que tenho que ir a Paris, Londres, Veneza encontrar alguém que goste de Beatles ou alguém que me preenche... Estou a cada dia em plena mutação, tenho que ir embora ou tenho que ficar sabe o que mais dói? é ter que fingir que estou bem sendo que não.
Será que tenho vivido no cinema e me impedindo de me jogar para novas relações. O que será que um adolescente pensa em uma hora dessas?

Estou aberta a criticas e elogios.
 
Adolescente confuso... Confuso sobre o amor.

Me faz bem...

 
[right]"Há um anjo em você
e me faz bem...
Sombrio anjo calado,
em seu olhar leio confiança;

rezei, mas o aceito.
Você traz cura nos olhos,
me faz reviver o lado bom
do amor..."

Mas uma pena que este amor está ficando
cada vez mais distante...
 
Me faz bem...

Contas e Tristezas

 
Já perdi as contas de quantas vezes pensei em alguém para compreender minhas tristezas, dores e alegrias.
Já perdi as contas de quantas vezes na madrugada, voltando do bar, vi duas pessoas se amando, e já perdi as contas de quantas lágrimas emocionei-me disto.
Me pergunto se minha toda vida será isto: nada por um longo período, apenas pessoas-horas, pessoas-dias, perpendiculares entre um grande gostar e um muito odiar.
Sou daquelas pessoas que guardam mágoas. Guardo! Sou orgulhosa e talvez isto não seja, de fato, positivo para o meu sucesso, mas, no momento, não tenho outra opinião.
E sempre, sim, sempre quando estou sentada, com meu cigarro e minha cerveja, do nada aparecem duas pessoas se amando e se querendo tanto. Seja na minha frente ou na minha memória, materializam-se, como quem caçoa de um enfermo que não pode levantar da cama, ou estende algo de muito valor e suas pernas são curtas o bastante para não alcançar.
Penso em ser uma pessoa melhor. Secretamente escorrem lágrimas dos meus olhos durante algumas madrugadas e a solidão é um estridente silêncio que me cansa. Resultado? Me torno uma pessoa ainda mais fechada, ainda mais complicada para alguém se aproximar, entender, aceitar, saber lidar.
O bom do bar é que os poetas cantam, e eles bem sabem o que eu quero dizer. Duvida? Pergunte então ao Cazuza, Renato Russo, Raul Seixas e por ai vai...

Este texto contém edições de Eduardo Lazaro e a história é eu quem criei!
Boa leitura caros amigos! :D
 
Contas e Tristezas

Apenas lembranças.

 
Me lembro do seu perfume era bom parecia que estava sentindo a fragrância de uma flor mas de sexo masculino...
Lembro que quando te abraça sentia um aperto no coração, parecia que eu o perderia logo, e perdi...
Lembro das canções que você cantava em tom baixo, eram tão bonitas do modo como se expressava. Cantando no meu ouvido tão levemente.
Eu lembro disso tudo e por lembrar disso tudo me vem uma dor no coração e está sendo tão difícil aceitar que isso são apenas lembranças, não existe condição de volta é lamentável refletir assim, eu tento me encontrar em outras pessoas mas é impossível encontrar alguém como você.

Texto inspirado em minha vida.
 
Apenas lembranças.