Poemas, frases e mensagens de angela-poema

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de angela-poema

O TEU OLHAR

 
O teu olhar parecia-me o Outono
Uma folha amarelecida quando cai
Um casarão velho sem dono
Onde já ninguém vai
Olhavas-me sem brilho
Por entre as nuvens de um dia cinzento
Como um pai olha para um filho
Triste por ver o seu lamento
Era um olhar pedinte
Dois faróis mendigando amor
Exigiam pelo gesto seguinte
Saborear o meu ardor
Procuravas a paleta de um pintor
Que pudesse colorir a tela da tua vida
Que estava a precisar de muita cor
Nesta manha enegrecida
Parecias um jardim sem flores
Um banco coberto de solidão
Onde lamentavas as tuas dores
Chorando sem saber a razão
Era um olhar de confidente
Que me oferecia uma paixão
Um presente diferente
Para eu guardar no coração
Ofereci-te a planta do amor
Planta-a nesse canteiro abandonado
Cuida bem da sua flor
ela é filha de um coração apaixonado
Onde em breve será Primavera
Com um desejo a florescer
Tenho um beijo à tua espera
Para esse olhar não me esquecer

@angela caboz
 
O TEU OLHAR

DUAS METADES

 
Metade de mim é amor
a outra metade é pecado...
Metade de mim vive de favor
na outra metade mora o censurado...
Juntando as duas metades,
unindo as duas partes de mim,
encontrarei todas as verdades
que me fazem ser sempre assim...
Tirei da metade apaixonada,
a parte que todos condenam,
adicionei à metade errada
detalhes que todos apreciam...
Com a metade das metades
partindo e repartindo
sem ter notado as proximidades
construí um ser que não está fingindo...
Num dia vive para amar
certo de que não existe nada melhor
noutra semana só pensa em pecar
acredita que a vida tem o lado tentador...
Assim vai vivendo
de mãos dadas com a sua dualidade,
ensinando e aprendendo
que o bom e o mau se unem com naturalidade,
amando e pecando
mostrando ao mundo o seu coração,
ajudando e recusando
recolhendo o amor e a punição....

angela caboz
 
DUAS METADES

MORTE

 
MORTE

mística é a morte, que com tudo acaba
deixando a saudade a quem aqui ficou
quando a tristeza sobre nós desaba
pela falta que nos faz, quem a morte levou

que não sendo mais do que o final
de um fado que com dolência carregamos
a morte nos deixa a lição de que afinal
somos mais do que o corpo que transportamos

fomos e somos a alegria de quem nos acompanhou
a memória de quem por amor nos fez sorrir
a lembrança do amante que um dia nos cobiçou

seremos o renascer de uma outra alma
o ressuscitar de uma vida que ainda está para vir
o êxtase divino de quem partiu com toda a calma

@angela caboz
 
MORTE

NÃO SEREI POETA

 
Não sei se sou poeta
nem sei se alguma vez o serei
só sei que tenho a alma inquieta
e que as palavras eu sempre amei
Brinco com as letras
desenho as palavras em versos
tento fazer rimas mestras
usando sentimentos inversos
Falo da minha vida
por vezes exponho pensamentos
solto a magoa em mim retida
confidencio os meus tormentos
com a ajuda da caneta e do papel
com a cumplicidade do coração
aquilo que me pode parecer confusão
para muitos é um poema aceitável
sem palavras intelectualizadas
sem muitas figuras de estilo
sempre com rimas emparelhadas
feitas de um modo tranquilo
para que todos possam sentir
o que sinto enquanto escrevo
sem muito para reflectir
mas reflectindo a minha maneira de existir

@angela caboz
 
NÃO SEREI POETA

ALMAS REVOLTADAS

 
ALMAS REVOLTADAS
 
Vidas ancoradas,
Ilusões apagadas,
Nas noites frias
com as barrigas vazias....

Sem memórias guardadas
das vidas por si passadas
O frio que os matou
A solidão que os isolou
Choram os seus desenganos,
com ódio de quem lhes causa danos....

Suas almas revoltas,
em nada envoltas
Na noite fria
com a barriga vazia
fazem das palavras silencio
do discurso um anúncio
em que pedem
aquilo que não lhes cedem....

O amor que lhes roubaram
A casa que lhes tiraram
na frieza morna,
que a pobreza adorna
Com a solidão como companhia
Cheios de solidão, com a barriga vazia!

Choram lágrimas de raiva
numa tristeza aflitiva
de quem fico parado no tempo
Refém desse contratempo
Apanharam o autocarro da vida
na paragem que pelo tempo foi esquecida
e que fica no fim da estrada
de uma vida que se sente já acabada .....

@angela caboz
 
ALMAS REVOLTADAS

TEUS OLHOS VERDES

 
são teus olhos verdes pedras preciosas
um brilho lapidante que me conquistou o coração
pareciam duas esmeraldas fogosas
que me embriagaram com sua expressão

com o seu engenho seguiram-me na rua
olhando de perto todos os meus passos
numa subtileza sem igual, deixaram-me nua
implorando-me por sentimentos devassos

incendiaram a fogueira do meu desejo
atearam a minha tentação para pecar
num piscar de olhos roubaram-me um beijo

na habilidade desse teu olhar
cabia a cumplicidade do teu cortejo
que sem pudor me convidou para te amar

@angela caboz
 
TEUS OLHOS VERDES

SILENCIO

 
o silencio falava da tua ausência
dizia o quanto estavas longe
nas palavras caladas
que me lembravam a tua existência
com a intensidade que o amor abrange
em histórias lembradas
que eram o som da solidão
que morava em mim a todo o momento
o eco do meu coração
que gemia com o sofrimento
ficava calada, escutando a tua voz
ouvia-te declamar um poema de amor
lindos versos que falavam de nós
num silencio que aumentava a minha dor
fazias teu o brilho das estrelas
com o lua iluminavas a minha saudade
com o vento pintavas as aguarelas
que no silencio mostravam a tua afectividade
preenchias o vazio do teu silencio
com os recortes da nossa paixão
colavas-os com o desejo que era prenuncio
de que não sairias do meu coração
irrompia em mim um raio de luz
enquanto ficava a falar sozinha
era o som que a solidão produz
escutando outra voz que não a minha

angela caboz
 
SILENCIO

O SONHO DA PAIXÂO

 
troquei os meus sonhos pela paixão
entreguei-me nos braços de um amor
caminhei à chuva gritando de emoção
para refrescar todo este meu ardor

a paixão desacertou-me no tempo
cedi ao desejo a que estava condenada
amar era o meu melhor passatempo
eram horas a viver como mulher apaixonada

deixei-me surpreender pela emboscada do prazer
que me desafiou para a curva do desejo
vendo o meu amor na cama aparecer

mandei o sonho para o seu esconderijo
deixei-me envolver por um abraço demorado
sem quaisquer preconceitos aceitei o seu beijo

angela caboz
 
O SONHO DA PAIXÂO

ACORDA EM MIM

 
Acorda em mim
Adormece embalado pela nostalgia
Coberto por um desejo, que não têm fim

Sem mim, não serás nada
Não mais do que uma alma solitária
Que há solidão estará condenada

Sem ti, eu apenas serei
Um coração sem dono
Que pelo mundo gritarei
Que o amor me deixou ao abandono

Somos afinal duas metades
De um amor, que ainda não conhecemos
Por vivermos de costas voltadas, sem nos vermos

Sim é verdade
Eu sou tua e tu és meu

Somos filhos de um deus que nos prometeu
Que nos encontraríamos mais tarde
Num tempo que ainda não chegou

Por isso, a tua metade chora
Pela minha metade que ainda não encontrou

Somos frente e verso
De um amor que só têm uma imagem
Apesar de ele nos parecer uma miragem

Caminhamos por caminhos separados
Tu no início e eu no final da estrada
Vamos apressados, porque pelo destino somos empurrados

O meu tudo
Será um dia o teu nada
Que fará de mim uma mulher apaixonada

A minha beleza
Irá se perder pela tua sedução
Que me roubará o coração

Acorda em mim
Porque já fazes parte do meu sonho
E eu serei tua até ao fim

@angela caboz
 
ACORDA EM MIM

SOU

 
SOU
 
Sou e não sou....
Melhor do que eu, tu saberás quem eu sou!!

Já me leste a alma
Já viajaste no meu corpo
Já sorristes com os meus lábios
Já choraste com os meus olhos
Já sentiste as minhas dores
Moras nos meus sonhos
Fazes sombra aos meus sentimentos

Sabes tanto sobre mim, que falamos em silêncio
Mais do que as palavras podem dizer

Eu sou
Sou alguém que na vida por ti passou
E que sem perceber se apaixonou
Alguém que a ti se entregou

Sou aquela a quem a vida sempre enganou
E que só a tua magia pode confortar

Sou a tua metade
Completa-me antes que seja tarde

@angela caboz
 
SOU

GRITO

 
solta-se um grito
liberta-se uma emoção
desamarra-se um corpo aflito
prisioneiro de um sentimento
que dá guarida a um coração
refém de um pensamento
apenas focado no amor
alimentado pelo sonho da paixão...
Há pouco afogou-se numa dor
de que não conhece a razão
apesar de saber quem é o seu autor
alguém que não sendo um ladrão
lhe roubou a alegria de viver
tirando-lhe o sonho de ser feliz
oferecendo-lhe a amargura de sofrer
negando-lhe o amor que sempre quis...
Agora que se sente sozinho
bateu as suas asas, decidiu voar
em busca de outro ninho
gritando para a dor se soltar,
cortando a amarra que o unia
a um amor que está a acabar,
deixando uma lágrima
no rosto que antes sorria
e agora apenas lastima
o final de algo que já não existia...

angela caboz
 
GRITO

VOU POR AI

 
Vou por ai….
Por esse mundo que não têm fim
E onde já tantas vezes sofri !

Vou por ai…
Sem qualquer rumo definido
Pelas estradas que não escolhi
Mas onde um dia, sem querer, te encontrei !

Quando, para mim, já nada fazia sentido
Parecia até que o mundo tinha acabado

Vou por ai ….
Procurar pelo meu sonho, que partiu
Sem me levar na bagagem
Deixando-me aqui a braços com a solidão
Sem que eu perceba a sua razão

Vou encher-me de coragem
E descobrir em que canto do mundo, tu estás agora

Não é tarde, nem é cedo
Chegou a hora
De eu perder o meu medo
E correr para o braços do amor, sem demora

Vou por ai…..
Para tentar encontrar o teu mundo
O canto onde te escondes
E confessar-te o meu sentimento profundo

Vou….. antes que seja tarde
Porque o amor não espera por mim
E eu já perdi o brilho da idade
Mas, quero aproveitar este amor até ao fim

Vou por ai …..
Espera por mim…prometo não demorar
Tenho o meu amor para te dar

@angela caboz
 
VOU POR AI

ALMA VAZIA

 
Três pingos de chuva
Dois raios de sol
Numa mente em fuga
Iluminada por um farol
Não sabe em que pensa
Não distingue o que os olhos vêem
A tristeza que se condensa
Pelo tempo que não têm
Duas mãos feridas
Um coração desolado
Três verdades convertidas
Por este ser renegado
Onde mora uma alma vazia
Com dois olhos tristonhos
Num rosto que não dizia
O que havia nos seus sonhos
Onde existiam milhares de cores
Toneladas de desejos
Faltavam-lhe somente os amores
Para o colorir com dezenas de beijos

@angela caboz
 
ALMA VAZIA

GOTAS DE DESEJO

 
Nasceram gotas de desejo
Num coração que estava moribundo
Refrescadas pelo sabor de um beijo
Que não se sabia de onde era oriundo

As gotas formaram uma tempestade
Na alma angélica de uma princesa
Que se assustou ao sentir a cumplicidade
De quem mantinha essa fogueira acesa

Sem mais, sem se preocupar
Qual a origem de sentimento encantado
Deixou-se levar
Na tempestade do seu estado apaixonado

Sentia o seu coração, que não parava
A sua mente tudo ignorava

A tempestade virou um furação
Derrubou todas as barreiras
Ela aceitou o amor sem hesitação

Queria amar sem fronteiras
queria dar vida nova ao seu coração

@angela caboz
 
GOTAS DE DESEJO

DESERTO DA VIDA

 
No deserto da minha vida
Caminha uma alma pesada
Que em silêncio carrega a sua sina!

Já foi mordida pelo veneno da serpente.
Já sentiu à noite o frio da solidão.
Já renegou o vazio de um dia de calor.

Caminha ao seu ritmo, lentamente
No seu coração não sopra vento
Não caem lágrimas daquele céu
Para formarem o rio dos lamentos

No deserto da minha vida
Só há um corpo em desalento

A quem ninguém escuta um grito
Onde o luar é a luz da saudade
E sol queima o rastilho do medo

No deserto da minha vida
Sinto-me um fantasma com a alma nua
Vestida com os segredos do futuro

Espero com fúria conhecer a emoção
mas, sinto-me impotente no combate com a razão

Não tenho forças para encontrar o norte
porque há muito perdi a minha sorte
que ficou subterrada com as areias do deserto!

@angela caboz
 
DESERTO DA VIDA

SAUDADE

 
Como posso eu sentir saudade
de um amor que não me pertence ?

Um sentimento que em mim permanece
uma memória guardada para a eternidade,
uma quimera que visitou meu coração
num dia em que o desejo me atacou,
não sendo mais que uma paixão de ocasião
que começou, mas logo ali acabou…

Que saudade é esta ?
Que mata e ataca a minha alma
Uma dor que comigo protesta,
uma tristeza que à noite me tira a calma
e de dia me faz verter lágrimas,
pela pessoa de quem me tento afastar
ignorando os todos os sintomas
deste amor que insiste em aqui morar...

Saudade, tu a mim não me pertences !

Tu és a sombra de um amor fugidio,
de dois seres que não sendo cúmplices
um dia se amaram de um modo vadio
entregando seus corpos ao desejo
numa paixão que partiu num lampejo...

@angela caboz
 
SAUDADE

RETALHOS DE UMA HISTORIA

 
juntei cada detalhe teu
colei todos os pedaços da nossa história
fiz da saudade um troféu
erguido pela vitória da minha memória
iluminei o meu pensamento
com a luz da tua recordação
sentindo na aura o arrependimento
de quem um dia traiu o meu coração
numa aurora já tardia
em que se fez luz na minha mente
por perceber a cobardia
de quem mostrava uma paixão aparente
que me cegou até àquele momento
quando a verdade surgiu à luz do dia
deixando em mim o trilho do sofrimento
causado pela dor que no peito ardia
provocada pelos estilhaços
de uma triste realidade
que deixou a minha alma em pedaços
ao deparar-se com esta dura verdade

angela caboz
 
RETALHOS DE UMA HISTORIA

QUERIA SER POETA

 
queria ser um poeta
fazer um poema nos teus braços
sentir assim, sem qualquer problema
um amor que não me cause embaraços
deixar escritas no teu coração
as mais belas palavras de amor
declama-las só para ti, com emoção
fazendo esta paixão ganhar furor
rimar toda a minha paixão
com a intensidade do teu beijo
emparelhar as silabas, que na ocasião
irão libertar todo o nosso desejo
com a sonoridade da minha inspiração
abraçar a magia da tua ternura
fazendo com esse ritmo o poema
da história de uma vida que dura
para fazer deste amor um emblema

@angela caboz
 
QUERIA SER POETA

TU E EU

 
TU E EU
 
Tu és para mim...
Tudo aquilo para que não tenho palavras!

O meu herói
O meu bandido
O meu brinquedo
O meu destino

Tudo o que tento descrever e não consigo
A imagem que o meu coração quer desenhar
A realidade que só a minha alma sabe ler
A proximidade que as minhas mãos querem tocar

Quando olho para o passado....
Os meus olhos vêm-te a meu lado !
Desperto para o presente e apenas existes em sonhos
e a distância mostra-te longe dos meus olhos...

O coração ainda bate e sobram em mim e em ti
As saudades do fomos
O teu sabor na minha boca
O meu desejo por ti
O nosso segredo, eternamente nosso

Com toda essa ilusão
faço o rabisco do nosso futuro onde somos a eternidade
de um sentimento quenos mora no coração...

E palavras, são só palavras
porque em nós sempre existirão

Emoções e desejos
Sonhos e pesadelos
Verdades e mentiras

Por isso, procuro pela morada do teu sorriso
para lhe enviar uma carta escrita pelo meu coração
que num só olhar te dirá
tudo o que eu sei que queres escutar....

E tu sabes, eu sei que sabes
O tempo em que fomos apenas TU e EU, ficou no passado
O futuro dita o nosso fado e ele determinou
que para sempre seremos NÓS
por mais que possamos virar costas um ao outro....

@angela caboz
 
TU E EU

TRISTE DESPERTAR

 
Que triste despertar
Saber que o nosso amor existe
Não te ter aqui, para te poder abraçar !

Sentir o perfume do teu olhar,
Sentir a delicadeza das tuas palavras,
Sentir teu toque, mesmo que só seja a sonhar ...

Que triste despertar
O meu sentimento está incompleto
Faltam-me fragmentos de ti, para o completar ...

Tenho palavras reprimidas dentro de mim
Tenho sonhos que contigo quero realizar
Por isso, esta distância me deixa triste assim

Que triste despertar
É tua a voz, que escuto, na música que está a tocar
São tuas as palavras, que o poeta está a declamar

É meu, este enorme desejo de te amar
É meu, o grito que acabas de escutar
Pedi agora mesmo ao vento, para o levar até ti
Para que possas sentir a intensidade
De todo este amor que agora senti
Anda, vem ter comigo, amanhã pode já ser tarde

Tenho uma palavra guardada para te segredar
Um amo-te perfumado com minha esta saudade
Um desejo embrulhado, que grita que te quer abraçar

É verdade, já disse hoje que te amo !!!
Que por isso, foi triste esse meu despertar
Faltavas tu … meu amor para te abraçar

angela caboz
 
TRISTE DESPERTAR