https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Key_JP

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Key_JP

Palavras de um apaixonado

 
As palavras de um apaixonado,
as palavras de kem ker ser amado;

As palavras dakele k n ker causar dor,
Apenas ker revelar o ser amor;

Apesar de muitas vezes lhe faltar a coragem,
akele k sente k esta sozinho no deserto e nem vê uma miragem,

Akele k lhe custa ver uma luz ao fim do tunel,
akele k lhe ker pedir em casamento mas n tem dinheiro para o anel;

Akele k escreve por prazer,
akele k n sabe bem o k a sua amada dizer;

Akele k apenas ker ser acarinhado,
E pela pexoa k ama ser abraxado;

Akele k escreve pelo coração,
Akele k n tem coragem de a ELA dizer não;

Akele k ker gritar,
Sim,gritar até lhe faltar o ar;

Gritar bem alto para o mundo ouvir,
as palavras k ele sempre quiz proferir;

Akele k finge das piadas sorrir,
akele a kem cada vez mais custa rir;

mostrar ao mundo a sua tristeza é o seu passatempo,
olhar para o ceu e tentar adivinhar o tempo;

Akele k esta farto de magoa e tristeza,
k apenas ker dizer com toda a certeza,

Amo-te,kero-te,desejo-te,adoro-te.....

São as palavras k eu tanto kero proferir,
Sim,eu sou akele k tanto me custa rir,

Sou akele k escreve atraves do coração,
Sou akele k se axas a ele mesmo um parvalhão,

Akele k ker ser atleta,
ou kem sabe um poeta,

Akele k cuntinua a escrever palavras ocas,
umas atras de outras,

Akele k pelo seu proprio caminho cuntinua,
Escuro e sozinho ele procura,

Uma maneira de te ter,
Vou procurando e escrever,

Vou cuntiar a percorrer,
a vida tentar preceber;

E a mim proprio também...
Vou cuntinar a espera k alguém;

Me diga a verdade,
me diga k ker mais k apenas uma amizade;

Mas cuntinuando com esperança,
k para sempre seja uma criança;

Para a vida n tenha k confrontar,
Para n ver mais os meus amigos a xorar,

Eu vou cuntinuar a escrever,
e a mim proprio tentar me entreter....

As palavras ocas de um apaixondo...
Akelas palavras dakele k apenas ker ser relembrado....

E a ela dizer....
O quanto eu a kero ter.....
 
Palavras de um apaixonado

Tu

 
Será que já te disse aquilo que és para mim?
Será que já te dixe que o amor que eu tenho por ti não tem fim?

Será?...a pergunta do momento...
Porque tu és aquela que predomina no meu pensamento

Porque tu és a pessoa mais importante para mim,
Porque nos ficamos horas e horas a falar sem fim,

E mesmo assim não se esgotam os temas,
Já n da para falar contigo através de telefonemas,

Tu tiveste sempre lá para me apoiar,
Porque tu nunca me deixaste rebaixar,

Eu não sei se sabes mas vou te dizer,
Que para sempre o meu amor irás ser,

Que irei sempre te amar,
espero numa te vir a magoar

Porque és a mana que eu numa na minha vida irei esquecer,
Porque ódio por ti numa irei ter,

Por favor numa me deixes sozinho,
Não quero percorrer o resto do meu caminho,

Sem ti lá para me ajudar,
Para numca me deixares chorar,

Neste mundo que n me aceita por mais k eu tente,
Tu és o meu abrigo carinhosa e sorridente,

Irás para sempre ficar no meu coração
Mas agora que me deu a inspiração,

Eu vou parar de rimar,
Mas fica a saber que eu vou te sempre amar.
 
Tu

Solidão

 
Solidão é algo que nos come por dentro,
Não a queremos mas ela pareçe que não que sair e apodera-se do nosso interior,

De repente desaparece por instantes como uma flexa,
parece que nos trespassa pela alma,
e ficamos sem saber onde ela acaba ou onde ela começa,
e vai trespaçando a alma sem pressas sempre com muita calma,

Até que estejamos arrasados,
sem saber o que sentir,
ficamos sem saber quem são os nossos amigos,
e deixamos até de conseguir sorrir
 
Solidão

palavras ocas

 
Quando nós menos esperamos,
nós nôs apaixonamos ;

Caimos neste estupido sentimento,
tentamos encher a nossa vida com este suplemento;

Isto a que xamam paixão,
não será apenas uma mera ilusão?

Será que não passa apenas de um sentimento fingido,
que hoje em dia é muitas vezes mentido?

Faço perguntas mas não obtenho respostas,
apenas me dão pequenas amostras;

Aquele sentimento a que xamam paixão,
a mim apenas me tras desilusão;

Amor...Amor...Amor...aquele sentimento que tenho medo de sentir,
mas k por vezes me faça sorrir;

Mas será assim tão bom este sentimento?
que muitas vezes nos perturba o nosso pensamento;

Nos modifica a maneira de estar,
e até nos modifica a maneira de pensar;

Aquele sentimento que nos faz sonhar,
mas que muitas vezes nos faz xorar;

Mas eu hoje interroguo-me porqué,
será que este sentimento não vé?

Aquilo que eu vejo quando olho para ela,
pareçe uma modelo numa passarela;

Espero não me estar a apaixonar,
é que na minha vida isto não vai dar

Portanto escrevo em vão,
a espera k estas palavras me sarem o coração;

Cuntinuando a espera de respostas,
Vou cuntinuar a escrever palavras ocas;

Umas atrás de outras,
ignorando as tais amostras,

Cuntinuando sozinho,
neste escuro caminho;

Cuntinuando por toda a gente ser ignorado,
e a cuntinuar a ignorar k estou apaixonado.
 
palavras ocas

Divagações minhas

 
Não me digas porquê;
Apenas diz-me como;
Será que o destino não vé,
A meses que os pontos da vida somo.

E a meses que escrevo;
escrevo em busca de respostas;
Mas não encontro respostas com relevo;
Parece que perguntas parvas escrevo.

Enquanto escrevo cai uma lagrima;
Fico sentado a espera de um sinal;
Á noite sento-me na cama;
E espero por um sinal vital.

O destino não viu;
O que eu vi;
Logo o destino não consentiu;
Eu logo precenti.

Que a vida é feita de testes;
(Que temos que ultropaxar);
E de pestes;
Que temos k ignorar.

Enquanto escrevo;
Lembro-me de todas as provas;
(afinal para o destino sou um mero servo);
E de todas as lombas.

Penso em todas as amizades feitas;
Nos bons momentos paxados;
e nas amizades desfeitas;
e akeles momentos que pareciam abençoados.

Pressinto a chegada;
de algo amado;
e tambem pressinto a partida;
de algo odiado.
 
Divagações minhas

A minha vida

 
Eu olho para o destino,
e ele olha para mim,
ele dificulta-me o caminho,
Eu tento cuntinuar a caminhar, mas enfim...

Amizades pelo caminho vou fazendo,
E elas oarecem durar e numca mais acabar,
Para tentar preceber a vida livros eu vou lendo,
Mas cuntinou sem a perceber.

Raiva eu reprimo,
Amor eu não sinto,
Apenas com a trizteza rimo,
Mas numca a nimguem eu minto.

As vezes pareçe que não consigo respirar,
e muito menos viver,
Mas felizmente tenho familia e amigos para me apoiar,
Só espero numca os vir a perder.
 
A minha vida

As dificuldades n nos esmagam, fazemo-nos!