https://www.poetris.com/
Mario Quintana : O Umbigo
em 27/09/2011 00:43:03 (5746 leituras)
Mario Quintana

O teu querido umbiguinho,
Doce ninho do meu beijo
Capital do meu Desejo,
Em suas dobras misteriosas,
Ouço a voz da natureza
Num eco doce e profundo,
Não só o centro de um corpo,
Também o centro do mundo!


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/09/2011 17:29  Atualizado: 28/09/2011 17:29
 Re: O Umbigo
Mario, 'assim mesmo sem acento agudo'; num dos muitos momentos doces da sua poesia. sou fã do poeta, e dos seus 'Quintanares'. Grato.

Links patrocinados

Visite também...