https://www.poetris.com/
Mario Quintana : de Sapato Florido
em 17/04/2013 20:53:20 (3878 leituras)
Mario Quintana

PROVÉRBIO
O seguro morreu de guarda-chuva.


MEU TRECHO PREDILETO
O que mais me comove, em música,
são essas notas soltas — pobres notas únicas —
que do teclado arrancam o afinador de pianos...


CARRETO
Amar é mudar a alma de casa.


ENVELHECER
Antes, todos os caminhos iam.
Agora todos os caminhos vêm
A casa é acolhedora, os livros poucos.
E eu mesmo preparo o chá para os fantasmas.




Versos extraídos do livro “Mário Quintana — Prosa e Verso”, Editora Globo (9ª edição).


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GELComposicoes
Publicado: 20/04/2013 02:45  Atualizado: 20/04/2013 02:45
Luso de Ouro
Usuário desde: 04/02/2013
Localidade: Uberlândia - MG - Brasil
Mensagens: 2374
 Re: de Sapato Florido
Adoro a forma que ele escreve: simples, bela e inteligente.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/04/2013 15:33  Atualizado: 21/04/2013 15:33
 Re: de Sapato Florido
Olá, Helen

Mario Quintana é um dos meus preferidos.

grata por partilhar

angela

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/04/2013 15:34  Atualizado: 21/04/2013 15:34
 Re: de Sapato Florido
Olá, Helen

Mario Quintana é um dos meus preferidos.

grata por partilhar

angela

Links patrocinados

Visite também...