https://www.poetris.com/
Júlio Saraiva : CANÇÃO PARA A MINHA VIÚVA
em 19/05/2013 02:42:06 (1081 leituras)
Júlio Saraiva

Canção para a Minha Viúva

quando for chegada a hora
de vestirem-me a mortalha
não faz da minha morte amor
teu cavalo de batalha

deves chorar mas bem pouco
e de maneira discreta
três lágrimas pelo louco
cinco ou seis pelo poeta

seja tudo sem delongas
poupa-me desses horrores
das inúteis preces longas
e das coroas de flores

livra-me das frases feitas
na verdade nunca fui bom
mas enfeita a minha testa
com a marca do teu batom

por mim ficas dispensada
da condição de viúva
desejo que minha morte
caia-te como uma luva

se acaso sobrar dinheiro
não maldiz a tua sina
laça de cara o primeiro
e vai com ele pra china


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Links patrocinados

Visite também...