http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas : 

Fluir de um rio

 
Correm as águas do rio
Passam na agulheta do tempo
A mesma água não volta, nem pelo fio
Não repete a sua passagem, observo, lembro
A vida é como esse rio
Na superficie a velocidade instântanea
No fundo as correntes pesadas
As pedras roladas, as plantas prezadas
O que se esconde e funde no leito
Escorregadio que com os tempos feitos
Pouco mudam, pouco nadam
A vida de um rio, não é só a agua que passa
É as margens descoladas, divididas
São quem passa quem refresca
É a vida num todo que se compõe
É quem mergulha, quem acha
Quem muda, leva ou põe
É quem toca no fundo
Traz a vida que mergulha num rio também

 
Autor
Deepmoon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
14810
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 05/08/2007 21:18  Atualizado: 05/08/2007 21:18
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14675
 Re: Fluir de um rio p/ Deepmoon
Querido poeta

A vida é bem comparada ao rio
que corre as vezes lentamente
e outras turbulento é bem
feita esta comparação...
Gostei muito...

beijo doce n'alma

Enviado por Tópico
LiaPansy
Publicado: 05/08/2007 21:23  Atualizado: 05/08/2007 21:23
Da casa!
Usuário desde: 21/05/2007
Localidade:
Mensagens: 291
 Re: Fluir de um rio
A vida de um rio...
É quem toca no fundo
Traz a vida que mergulha!

Amei este teu fluir!

O meu beijo
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...