http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3049
 
Poemas -> Paixão : 

CONSOLAÇÃO

 
Tags:  poeta  
 



Nesta mesa de bar vejo-te tristonha!
Sinto, não és mais a rosa de antes...
Sempre fortes daqui a mais risonha,
Desanuviando o teu semblante!

Se alguém partiu e estás na solidão,
Veja-me à tua frente, ávido de carinho...
Sei... És o caminho da perdição...
Mais perdido fico afastando-a de meu ninho!

A fumaça de teu cigarro, que se espalha...
Corta-me o coração tal navalha,
Por ver-te deveras intoxicada!

Não penses, deixes tudo, até esse cabaré!
Siga os meus passos enfrente a maré...
E do jardim sejas a minha flor amada!


<br />


 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
2893
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...