http://www.luso-poemas.net/modules/smartsection/item.php?itemid=3048
 
Poemas -> Sombrios : 

Sem esperança de renascer

 
Não tenho mais esperanças
de renascer para a vida.
O caminho, a vida e o sol,
agora estão manchados de sangue.
Sangue que escoa das veias abertas,
de vítimas inocentes,
de todos os bombardeios.
Nos ouvidos estão retumbando,
o eco dos passos marchando,
e o som das vozes emocionadas
que falam do grande fim.

As sombras caíram!
Cairam as sombras
sobre todos os caminhos,
todos os meus caminhos,
sobre a minha vida.
Sombras e sangue
apagaram o sol,
e eu não tenho mais nada
que possa me guiar.

Tudo está escuro,
mas mesmo assim eu caminho,
sem luz, sem sol, sem nada,
eu ainda caminho,
procurando em algum lugar,
um pouco de luz e de paz,
procurando em algum lugar,
o caminho da remissão
que se inicia
quando se aproxima a morte.

E sei que ela é na verdade
a única certeza
que posso ter na vida.
Ela é a realidade,
o fim de todas as dúvidas
e o início de outras tantas.

E toda a minha vida,
eu percorri caminhos,
busquei no infinito,
forças para continuar,
procurei obter alento,
para seguir rumo ao encontro...

Passei toda a minha vida,
procurando não faltar
ao meu último encontro.


" ...descrevo sem fazer desfeita,
meu sofrer e meus amores
não preciso de receita
muito menos prescritores."


 
Autor
LuizMorais
 
Texto
Data
Leituras
353
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/02/2012 14:09  Atualizado: 02/02/2012 14:09
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 19411
 Re: Sem esperança de renascer
UM MARAVILHOSOS POEMA QUE ENCANTO

MARTISNS
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...