https://www.poetris.com/
 
Textos : 

A Velha a Boa Rotina

 
Tags:  cotidiano    rotina    dia a dia  
 
A Velha a Boa Rotina
by Betha M. Costa

Nada como tudo estar na perfeita e desequilibrada rotina: Deus a gritar que é Deus, os poetas do apocalipse a troar suas trombetas, os compadres e comadres com abraços, beijos e troca de dedicatórias que enchem de orvalho os olhos sensíveis.

Os poetas e poetisas malditas continuam suas cruzadas contra os moinhos de ventos das suas imaginações férteis e seus textos cheios de loucuras. Esses até do Orco foram excluídos, por que nem o Diabo os agüenta, e, com sua enorme língua de fogo os lança de volta toda vez que se rebelam e vão embora para sempre.

Fiéis, as hostes angelicais continuam enchendo a bola de quem tem escrita vazia, com impressões cheias de loas, que são mais bem escritas e bonitas que os textos aos quais comentam.

Os escritores pavões continuam a abrir o leque de suas penas multicoloridas com “o jeito de sou o máximo”; bem como algumas escritoras, feias, arrogantes e vaidosas que acham que são melhores que as demais e se julgam no direito de fazer críticas...

Ah, nada como a perfeita e desequilibrada rotina!
 
Autor
Betha Mendonça
 
Texto
Data
Leituras
977
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
CarlosCarpinteiro
Publicado: 24/09/2009 17:58  Atualizado: 24/09/2009 17:58
Da casa!
Usuário desde: 22/02/2007
Localidade: Mondeville
Mensagens: 200
 Re: A Velha a Boa Rotina
Velha e boa?
Veja lá comadre!
Não seja ma língua ainda por cima.
Se esta rabugenta por conta da idade, que seja perdoada.
Beijo"k"a