https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Desencontro

 
Tags:  amor    calor    fria    muda    gelada    arrepiada  
 
Teu olhar me alucina
Alucinada, nada vejo

Tua força me enfraquece
Enfraquecida, te desejo

Tua beleza desnorteia
Desnorteada, fico feia

Teu sorriso me desdenha
Despeitada, cerro o cenho

Tua voz me arrepia
Arrepiada, quedo muda

Teu calor me gela a espinha
E gelada, fico fria

Tão mal equacionado
Nosso amor que não é um

Fração desenfreada
Sem denominador comum


Cláudia Banegas

 
Autor
Cláudia Banegas
 
Texto
Data
Leituras
508
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Antonio Soares
Publicado: 01/10/2009 03:21  Atualizado: 01/10/2009 03:21
Participativo
Usuário desde: 30/01/2008
Localidade: bahia
Mensagens: 12
 Re: Desencontro
versos completos de dois lados casuais.

Parabens pelos lindo poema...