https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Dor Secreta

 
Tags:  dor    liberdade    secreta  
 
DOR SECRETA
(Indriso)


Esta dor que me consome
parece querer perpetuar-se
pois faz aqui, no meu peito.

Vejo então, que é hora de seguir adiante,
de me abolir da tua escravidão.
Serei livre do teu senhorio.

Hoje, caem ao solo as cadeias do meu tormento.

Liberdade, enfim, ao alcance das minhas mãos.



DOLOR SECRETO

Este dolor que me consume
parece querer perpetuarse,
pues yace aquí, en mi pecho.

Veo entonces que es hora de seguir adelante,
de abolir de mí tu esclavitud.
Seré libre de tu señorío.

Hoy, caen al suelo las cadenas de mi tormento.

Libertad, al fin, al alcance de mis manos.


Cláudia Banegas

 
Autor
Cláudia Banegas
 
Texto
Data
Leituras
966
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
3
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/01/2008 15:11  Atualizado: 21/01/2008 15:11
 Re: Dor Secreta
(...)Hoje, caem ao solo as cadeias do meu tormento.

GOSTEI...BJ

Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 21/02/2008 23:10  Atualizado: 21/02/2008 23:10
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 758
 Re: Dor Secreta
Liberdade. Todos a procuramos e por vezes é tão difícil consegui-la...sobretudo quando tentamos libertar-nos de alguém que nos amarrou a alma.
Gostei da simplicidade do seu grito de liberdade.
HP/

Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 25/02/2008 19:51  Atualizado: 25/02/2008 19:51
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: Dor Secreta
Muito bela forma romântica que nos mostra a dor da perda e a decisão sofrida de recomeçar.Em espanhol um primor. Bj amiga.