https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Te Amo!

 
Chegou manso... Em um nevoeiro
Denso... Envolvendo-me por inteiro
Num momento frágil de desengano...

Refrigerou-me em sua chama quente
Aquentando-me pelo inverno do ano
Como dois sóis de cabeleiras ardentes
Pelos duplos crepúsculos dormentes
Deste meu pobre coração cigano...

Chegou desabrochando como uma flor
Viçosa e nova de pétalas pérolas pelúcia
Balbuciando pelo bojo deste espetáculo
Em hercúleos movimentos em curvas
Escuras, alvas pelos gigantes tentáculos
Em forma de uma coração de palhaço
Sorrindo, encantado... Findando agruras
Minhas... Fazendo desenhos no espaço...

Ventos inebriantes desses paulistas
Litorais! Chegastes luz em minha vida...
Densos... Envolvendo-me por inteiro
Como mansos nevoeiros... Como uma flor...
Fazendo acampamento... Moradia...
Laís... Você é o meu Amor!


Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
603
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.