https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

DESEJO DE HUMILHAÇÃO (Inédito!)

 
Tags:  paixão    fantasia    sedução    libido    Êxtase  
 
<div><embed src="http://widget-9c.slide.com/widgets/slideticker.swf" type="application/x-shockwave-flash" quality="high" scale="noscale" salign="l" wmode="transparent" flashvars="cy=lt&il=1&channel=432345564275506588&site=widget-9c.slide.com" style="width:600px;height:425px" name="flashticker" align="middle"></embed><div style="width:600px;text-align:left;"><a href="http://www.slide.com/pivot?cy=lt&at=u ... 5564275506588&map=1" target="_blank"><img src="http://widget-9c.slide.com/p1/4323455 ... /images/xslide1.gif" border="0" ismap="ismap" /></a> <a href="http://www.slide.com/pivot?cy=lt&at=u ... 5564275506588&map=2" target="_blank"><img src="http://widget-9c.slide.com/p2/4323455 ... /images/xslide2.gif" border="0" ismap="ismap" /></a> <a href="http://www.slide.com/pivot?cy=lt&at=u ... 5564275506588&map=F" target="_blank"><img src="http://widget-9c.slide.com/p4/4323455 ... images/xslide42.gif" border="0" ismap="ismap" /></a></div></div>


DESEJO DE HUMILHAÇÃO

Não basta tomar um corpo
E possuir, talvez, a sua alma…
Querer despí-la, sem palmas
Desejo que não se esgota no topo...

Sem lume, neste nada te sorvo,
Me dôo, na vontade que espalma
Me entrego em posto de calma
Sem saber se serei mais, de novo...

Mas sinto que sou eu quem afagas,
Pois sei o quanto te mostras
No tanto que, por vezes, degradas…

Só sei que não é tua esta saga,
Pois não sou eu quem se prostra,
E não és tu, alguém, que maltrata…

Ibernise.
Barcelos (Minho/Portugal), 05.11.2009.
Núcleo Temático Romântico.
Direitos autorais reservados/Lei n. 9.610 de 19.02.1998.
 
Autor
Ibernise
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3217
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 08/11/2009 20:05  Atualizado: 08/11/2009 20:05
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: DESEJO DE HUMILHAÇÃO (Inédito!)
Belo poema, na entrega da alma, cara Ibernise.

Beijo

P.S. Uma agradável surpresa a sua presença ontem em Vizela.


Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 08/11/2009 22:39  Atualizado: 08/11/2009 22:39
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14977
 Re: DESEJO DE HUMILHAÇÃO (Inédito!) p/ Ibernise
Querida amiga Ibernise

Que soneto lindo!
Na entrega total a alma clama
chama, por outros momentos
iguais, mas nem sempre se tem
esta abrangência na sua totalidade
quando se é esperada, é algo que
acontece simplesmente no momento
em que se doa o melhor se nós mesmos
que é a essência do ser...Parabéns
está lindo...
ADD

Beijinhos doces n'alma