https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Tão só um curso de rio

 

Na vida não busco a morte,
busco tão só encontrar a vida
nessa espécie de sorte
que parece espreitar num lampejo soturno
de um sol que me nasce na nuca,
abotoo a farpela
e viro-lhe a albarda pesada
que carrego nos ossos do meu viver.
Na vida busco sempre o improvável
e contento-me com o mínimo,
não procuro mares nem serras descontinuadas,
busco tão só o firmamento.
Não me revejo no verso perfeito,
busco tão só a palavra única.
Quando alguém me dá a mão
não é o amor que busco nela,
é tão só o “para sempre”
que se separa fácil na adequação dos corpos,
na sensação de infinito que me prodigaliza.
Não, não tenho medo do infinito
como não tenho medo da morte,
da minha morte.
Não sou segmento de recta,
sou caminho,
tortuoso sim,
mas sempre em direcção a algo
descendo veredas
subindo alamedas,
a luz é o facho do meu orgulho,
sou maré cheia de rio que nasce no mar
em direcção, não sei ainda
mas contento-me tão só em não parar,
no meu trajecto não preciso dos acordes perfeitos
a ritmar-me as ondulações,
contento-me tão só com o silêncio.
 
Autor
jaber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1005
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GE3
Publicado: 26/03/2010 19:45  Atualizado: 26/03/2010 19:45
Da casa!
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Moçambique
Mensagens: 353
 Re: Tão só um curso de rio p/jaber
hoje anda uma onda de morte... já fui contagiado.

sobre o poema:

em linha com a estrutura do ser, que pode ser o poeta, há uma linguagem aparente que se liga entre a esperança e o sofrimento, mas que nos apresenta ritmos e imagens com um fulgor contagiante.

um abraço

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 26/03/2010 22:07  Atualizado: 26/03/2010 22:07
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Tão só um curso de rio
poema de contrastes e paradoxos por onde se cruza a vida querida e acontecida...e o silêncio uma chave de compreensão...

abraço
arfemo

Enviado por Tópico
luciusantonius
Publicado: 27/03/2010 23:53  Atualizado: 27/03/2010 23:53
Colaborador
Usuário desde: 01/09/2008
Localidade:
Mensagens: 670
 Re: Tão só um curso de rio
Apetece-me subscrever o comentário de Arfemo pelo rigor e oportunidade das observações. Está um poema de mestre com musicalidade quanta baste.
O meu abraço e o meu vincado apreço.
Antonius