https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

O mutilado sonhador

 
Tags:  tristeza    gotico    surrealista  
 
Sou um mutilado,não como o moderno igualitário
Cedo admito,resisto mas lamento
Enquanto rebanhos hipócritas alimentam legiões aleijadas
Permaneço aprisionado,regurgitam eufemismos.

Empurrado até o banal,trinco e ranger metálico.
Da rotina o implacável constrangimento
Feridas rolam sobre órbitas nos olhares passivos,
Pequenas constelações desfeitas.

Ossos partem-se,mostram-se desnudos,
Irreconhecível paródia esquelética.
Mergulho em sangue,solitário arrasto a comovente mágoa,
Perco-me na dor.
Longe admiro o firmamento apodrecer lento
Ao dissabor do inexorável final cíclico
Interrompo o êxtase,sorrio diante da morte
Na cadeira de rodas.



 
Autor
RaimundoSturaro
 
Texto
Data
Leituras
556
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 07/05/2010 08:28  Atualizado: 07/05/2010 08:28
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: O mutilado sonhador
Sempre denso e trágico, sempre feericamente belo.
Poesia concreta.
Aplaudo.
Abraço